Receita Federal libera 3º lote da restituição do IRPF na próxima semana

No dia 30 de julho, a Receita Federal liberará o 3º lote da restituição do Imposto de Renda. Para este ano, a restituição do IRPF acontece em cinco lotes, entre maio e setembro, sempre no último dia útil do mês. De forma geral, a consulta da restituição pode ser feita uma semana antes do pagamento.

Receita Federal libera 3º lote da restituição do IRPF na próxima semana
Receita Federal libera 3º lote da restituição do IRPF na próxima semana (Imagem: Montagem/FDR)

Desde o ano passado, a Receita Federal tem distribuído a restituição do Imposto de Renda em cinco lotes. Anteriormente, a restituição era feita em sete lotes. Essa redução tem o objetivo de reduzir o impacto da pandemia covid-19 — de forma a agilizar os pagamentos.

Neste ano, o primeiro lote aconteceu em 31 de maio. Já o último está previsto para ser em 30 de setembro. Cabe destacar que o pagamento da restituição do IR segue uma fila. Sendo assim, quanto antes acontecer a entrega da declaração, mais chance o contribuinte tem de receber nos primeiros lotes.

Consulta da restituição do IRPF

Para descobrir se a restituição está disponível, a pessoa deve acessar a página da Receita Federal. Logo após, basta clicar em “Meu Imposto de Renda” e, em seguida, em “Consultar a Restituição”. A consulta também pode ser feita no aplicativo Meu Imposto de Renda.

Caso a pessoa não esteja na lista de pagamento, vale verificar o extrato da declaração — para saber se há possíveis pendências. A consulta de eventuais inconsistências de dados está disponível no portal e-CAC.

Se algum erro for identificado, será preciso fazer a correção por meio de uma declaração retificadora. A restituição será paga somente se a declaração estiver correta.

Calendário da restituição do IRPF 2021

  • 1º lote: 31 de maio
  • 2º lote: 30 de junho
  • 3º lote: 30 de julho
  • 4º lote: 31 de agosto
  • 5º lote: 30 de setembro

O pagamento da restituição acontece diretamente na conta bancária informada na declaração do Imposto de Renda. Caso o crédito não seja realizado — se, por exemplo, conta bancária informada foi desativada —, a quantia ficará disponível para resgate por até 1 ano no Banco do Brasil.

Neste cenário, o contribuinte pode reagendar o crédito dos valores pelo Portal BB ou ligando para a Central de relacionamento BB, por meio dos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

Após um ano, se o resgate não acontece, será preciso fazer uma solicitação por meio do Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, disponível no portal e-CAC. O limite para solicitar o pagamento da restituição na Receita Federal é de 5 anos.

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.