BanQI quer liberar empréstimo pessoal para negativados e desbancarizados

Nesta segunda-feira (19), a Via varejo anunciou que o conselho de administração da companhia aprovou a destinação de R$ 300 milhões de capital próprio para crédito pessoal por meio do seu banco digital, o banQi. Por meio deste banco, a Via busca liberar empréstimo pessoal para negativados e desbancarizados.

BanQI quer liberar empréstimo pessoal para negativados e desbancarizados
BanQI quer liberar empréstimo pessoal para negativados e desbancarizados (Imagem: Divulgação/banQi)

A Via também declarou que poderá buscar outras maneiras de financiamento para o produto. Uma das opções seria fundos de investimentos em direitos creditórios, segundo a Reuters.

Este anúncio acompanha a autorização final do Banco Central (BC) para o funcionamento da BNQI Sociedade de Crédito — a plataforma financeira digital da Via. Diante dessa aprovação, há a ampliação da oferta de serviços na plataforma de soluções financeiras.

Com esse anúncio, a varejista espera alcançar R$ 16 bilhões em crédito pessoal. Além disso, a Via possui limites pré-aprovados de R$ 42,5 bilhões em crediário (CDC).

Ao considerar este novo produto de crédito pessoal, a companhia revelou que conta com uma lista de 250 mil pessoas interessadas. Este número considera a base de clientes pré-aprovados no crediário. Atualmente, o banQi possui 2 milhões de contas digitais.

BanQi busca oferecer crédito pessoal aos negativados e desbancarizados

Conforme informado pelo Valor Econômico, a Via, por meio do banQi, deseja ir além do tradicional crediário. O objetivo seria de liberar empréstimo pessoal aos clientes negativados e desbancarizados.

Segundo o executivo chefe de finanças e estratégia do banQi, Andre Calabro, em muitas vezes, o crediário é o único meio de acesso para que uma pessoa da classe C pode ter um produto.

Ele afirma que este perfil de cliente também necessita de crédito para outras necessidades — como pagamento de dívidas e investimento em educação. Diante dessa análise, a Via desenvolveu a entrada em empréstimo pessoal.

O banQi liberará limite médio de R$ 2 mil. Apesar disso, a quantia pode variar de R$ 800 a R$ 15 mil. O pagamento poderia ser feito em até 18 meses. Para garantir o empréstimo, o cliente deve se cadastrar no banco digital.

Os R$ 300 milhões liberados pela Via serão destinados para esse negócio em 2021. Essa novidade deve ganhar tração a partir do ano que vem.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.