Auxílio Cesta Básica inicia distribuição dos cartões no estado do Ceará

Encerrado o período de cadastramento, governo do Ceará dá início a entrega dos cartões do Auxílio Cesta Básica. A iniciativa foi confirmada pelo gestor do estado, Camilo Santana, em transmissão em suas redes sociais. De acordo com ele, o benefício beneficiará motoristas e demais profissionais autônomos.

Auxílio Cesta Básica inicia distribuição dos cartões no estado do Ceará
Auxílio Cesta Básica inicia distribuição dos cartões no estado do Ceará (Imagem: Governo do Ceará)

Enquanto o país ainda lida com os efeitos econômicos do novo coronavírus, os governos estaduais elaboram políticas públicas para assegurar a população vulnerável. No Ceará, foi criado o auxílio cesta básica que concederá mensalidades de R$ 200 para os beneficiários.

Detalhes da entrega

Conforme explicou Camilo e a vice-governadora Izolda Cela, a entrega dos cartões será feita através da secretaria de Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos humanos (SPS). Os beneficiários serão convocados para irem presencialmente buscar o dispositivo.

Terá direito de receber todos os trabalhadores de transportes escolar e alternativo, ambulantes, feirantes, mototaxistas, taxistas, motoristas de aplicativos, bugueiros, guias de turismo e despachantes documentalistas que fizeram a solicitação durante o mês de junho.

É válido ressaltar que o benefício terá um valor total de R$ 200, sendo concedido entre julho e agosto em mensalidades de R$ 100.

Ações voltadas para a pandemia

Ao anunciar a entrega dos cartões, o governador do estado celebrou a efetivação de mais uma iniciativa que minimiza os impactos do novo coronavírus.

O Governo do Ceará tem feito um esforço enorme para apoiar os setores e as famílias mais vulneráveis. Nós pagamos conta de água e luz da população mais vulnerável. Mais de 500 mil famílias receberam o Vale Gás nessa pandemia. Ampliamos o Cartão Mais Infância, de 50 mil para 150 mil mãezinhas que recebem todo mês uma transferência de renda pelo Governo do Estado”, enfatizou Camilo.

“Criamos o auxílio financeiro para os setores de bares, restaurantes e eventos. Criamos o Ceará Credi, crédito na ordem de R$ 100 milhões para pequenos negócios. Esta semana lançamos o Mais Empregos Ceará, em que vamos pagar metade do salário mínimo para gerar 20 mil novos empregos imediatos na área de serviços e comércio”, concluiu.

Com o projeto, a gestão pública espera minimizar os efeitos negativos da pandemia e também incentivar o comércio local.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.