Poços de Caldas (MG) abre inscrição para auxílio emergencial municipal

Nesta terça-feira, 13, a Prefeitura de Poços de Caldas (MG) anunciou a abertura de um período de inscrições para o auxílio emergencial municipal. A iniciativa faz parte do programa Recupera Poços, que tem o objetivo de amparar a população em situação de vulnerabilidade social.

Poços de Caldas (MG) abre inscrição para auxílio emergencial municipal
Poços de Caldas (MG) abre inscrição para auxílio emergencial municipal. (Imagem: Marcos Rocha/ FDR)

O auxílio emergencial municipal irá pagar três parcelas de R$ 300 cada, desde que se inscrevam entre o dia 15 de julho, próxima quinta-feira, até o dia 22 de julho.

Os cidadãos interessados em ingressar no Recupera Poços também precisam cumprir alguns outros critérios para ter direito ao benefício, como:

  • Estar oficialmente desempregado desde de abril de 2020;
  • Não receber seguro desemprego. 

Vale ressaltar que o propósito do auxílio emergencial municipal é direcionar o pagamento das parcelas somente aos trabalhadores que tinham um posto de trabalho formal com carteira assinada até a época mencionada, mas que após serem surpreendidos por uma demissão, ainda não conseguiram se recolocar no mercado de trabalho.

As inscrições acontecerão no formato presencial, das 08h30 às 17h30 nos seguintes locais:

  • URCA [Acesso principal] – Praça Getúlio Vargas, s/n: Centro;
  • PMJ João Monteiro [Antigo SESI] – Avenida Alcoa, 1.540 – Jardim Paraíso/Zona Sul.

Além do mais, a Prefeitura de Poços de Caldos organizou as inscrições para o auxílio emergencial municipal para que aconteça gradativamente de acordo com o mês de nascimento do cidadão. Portanto, as datas para cadastro serão essas:

  • Janeiro e fevereiro: quinta-feira, 15;
  • Março e abril: sexta-feira, 16;
  • Maio e junho: segunda-feira, 19;
  • Julho e agosto: terça-feira, 20;
  • Setembro e outubro: quarta-feira, 21;
  • Novembro e dezembro: quinta-feira, 22.

Vale ressaltar que ao se inscrever no auxílio municipal emergencial, o cidadão precisa estar ciente de que ele deve residir em Poços de Caldas e comprovar tal residência mediante a apresentação de uma conta de energia na respectiva titularidade ou do cônjuge, se houver.

Na falta de uma conta de energia ou cônjuge, especificamente, vale qualquer outro boleto desde que seja em nome do interessado no benefício.

Por outro lado, se o cidadão voltar a trabalhar com carteira assinada após começar a receber o auxílio emergencial municipal, é preciso comunicar a Prefeitura de Poços de Caldas imediatamente para suspensão dos pagamentos. Do contrário, o beneficiário terá uma responsabilidade criminal a cumprir.

Além do que, se identificada qualquer outra irregularidade, a administração municipal tem autorização para tomar as medidas cabíveis. 

Em caso de dúvidas sobre o programa de transferência de renda, Recupera Poços, basta entrar em contato através do WhatsApp da Secretaria de Promoção Social pelo número: (35) 99809-3704 ou pelo e-mail: [email protected] 

No mais, feito o cadastro, toda a documentação e demais informações apresentadas pelos interessados serão analisadas com cuidado para averiguar o direito ao benefício.

Em caso de aprovação, o pagamento do auxílio emergencial municipal será efetuado pela Prefeitura através da Caixa Econômica Federal (CEF).

Os depósitos serão feitos nas contas poupanças sociais digitais do Caixa Tem para quem já as possui. Quem ainda não é cliente Caixa Tem, terá uma conta aberta automaticamente em seu nome. 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.