USP rejeita volta às aulas presenciais e mantém ensino remoto

Mesmo com a autorização pelo retorno das aulas dada pelo Governador do Estado, João Doria, a USP decidiu não retomar suas atividades presenciais nesse mês. Com isso, tanto os alunos de graduação quanto os de pós-graduação permanecerão com o ensino remoto.

USP rejeita volta às aulas presenciais e mantém ensino remoto
USP rejeita volta às aulas presenciais e mantém ensino remoto (Imagem/Reprodução: USP)

Na última semana o governo do estado de são Paulo autorizou a volta às aulas para o ensino superior em todo o estado; diversas universidades e centros de ensino já planejam esse retorno.

No entanto. A Universidade de São Paulo já informou que não retomará as aulas presenciais agora.

Quando voltam as aulas presencias na USP?

Na última semana o grupo responsável pelo Plano USP de Readequação do Ano Acadêmico (GT PRAA) divulgou um comunicado em que informa a decisão de não retomar as atividades no mês de julho. Veja um trecho:

Considerando a necessidade de que as Unidades de Ensino e Pesquisa organizem e planejem o segundo semestre letivo de 2021, informamos que as aulas teóricas, tanto na graduação quanto na pós-graduação, deverão ser iniciadas por meio remoto. Novas orientações com relação ao retorno presencial deverão ser comunicadas. Por ora, a manutenção das aulas teóricas remotas é a medida a ser tomada neste momento (em julho) ”.

As aulas não retornarão agora, mas algumas atividades práticas poderão ser realizadas de forma presencial pela instituição.

Outra medida anunciada nesse comunicado é quanto aos servidores da instituição que já foram imunizados. Essas pessoas poderão retornar aos seus postos de trabalho após 14 dias de imunização com a segunda dose, independente da vacina aplicada.

Volta às aulas para o ensino superior em São Paulo

Antes desse novo decreto as universidades apenas podiam receber os estudantes dos cursos da área de saúde, agora, receberão de todas as demais áreas.

As regras para o retorno das atividades presenciais das universidades são bem próximas as do setor de serviços, ou seja, a ocupação máxima é de 60% da capacidade de cada instituição.

Além disso, as atividades práticas estão liberadas e seguem sem horário limite para acontecer.

Vale lembrar que essa retomada das aulas presenciais não é obrigatória e que cada instituição deve elaborar o seu próprio plano de retorno, segundo o plano governamental.

Com a editoria de carreiras do FDR  você sempre fica bem informado.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR. Jamille utiliza sua experiência na área da educação para cobrir notícias sobre cursos, vestibulares, empregos e concursos.