Auxílio emergencial de Rondônia ganha novas parcelas com prorrogação

O Governo de Rondônia decidiu prorrogar o auxílio emergencial do estado em mais três parcelas. Destinado às famílias em situação de vulnerabilidade social, o programa AmpaRo terá mais três parcelas que continuarão com o valor vigente de R$ 100. 

Auxílio emergencial de Rondônia ganha novas parcelas com prorrogação
Auxílio emergencial de Rondônia ganha novas parcelas com prorrogação. (Imagem: Marcos Rocha/ FDR)

Os beneficiários receberam o que seria o último depósito do auxílio emergencial de Rondônia no dia 16 de junho, completando as 12 parcelas prometidas pelo Governo do Estado.

O programa de transferência de renda contou com a verba proveniente do Fundo Estadual de Erradicação e Combate à Pobreza (Fecoep), totalizando um investimento na margem de R$ 60 milhões.

Na verdade, a quantia mencionada está relacionada ao período entre julho, agosto e setembro. Isso porque, o Governo de Rondônia ainda está em fase de preparação para elaborar e divulgar oficialmente o calendário de pagamentos referente à prorrogação do auxílio emergencial.

Ao todo são 28 mil famílias rondonianas amparadas pelo auxílio emergencial AmpaRo. Agora, perante a Lei nº 5.045, de 1º de julho de 2021, esses mesmos beneficiários terão direito à prorrogação do benefício que terá mais um investimento aproximado de R$ 8,6 milhões. 

Na oportunidade, a secretária de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas), Luana Rocha, alegou que a prorrogação do benefício foi necessária devido aos impactos da pandemia da Covid-19 que ainda não apresentaram nenhuma melhora, pelo contrário, tem se agravado cada vez mais, mesmo com a campanha de vacinação.

Desta forma, notou-se que os mais afetados foram as famílias em situação de vulnerabilidade social com renda per capita de até R$ 89 por mês.

A princípio, o auxílio emergencial AmpaRo foi lançado no mês de julho de 2020, com o propósito de pagar três parcelas no valor de R$ 200 para essas mesmas famílias.

Porém, em outubro do ano passado o Governo Federal decidiu aprovar a primeira extensão do programa, que foi até dezembro com um investimento de R$ 34 milhões oriundos do mesmo fundo de investimento. 

Contudo, em virtude do cenário crítico da pandemia, o Executivo Estadual decidiu prorrogar o auxílio emergencial por mais seis meses, compostos pelo período de janeiro a junho de 2021.

Para viabilizar essas parcelas extras, foi preciso readequar o recurso promovido, reduzindo o valor das parcelas de R$ 200 para R$ 100. 

Assim como o auxílio emergencial no âmbito federal, o AmpaRo também é viabilizado através das contas poupanças sociais digitais. Portanto, a quantia pode ser movimentada pelo aplicativo Caixa Tem. 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.