Esqueci de sacar o abono do PIS/PASEP, e agora? Tudo o que acontece com o valor

Na última quarta-feira (30), foi o prazo final para os trabalhadores realizarem o saque do PIS/Pasep. O abono salarial é do calendário de 2020/2021, referente aos meses trabalhados em 2019. O valor pode chegar a R$ 1.100 e é proporcional ao número de meses trabalhados em 2019.

Esqueci de sacar o abono do PIS/PASEP, e agora? Tudo o que acontece com o valor
Esqueci de sacar o abono do PIS/PASEP, e agora? Tudo o que acontece com o valor (Foto: FDR)

Quem pode receber o PIS/PASEP?

Neste ano de 2021, o pagamento foi realizado exclusivamente para os serviços que foram prestados no ano de 2019. Apesar disso, puderam receber aqueles que:

  • Estejam cadastrado no PIS/PASEP há pelo menos cinco anos;
  • Tenham recebido de empregador contribuinte do PIS/PASEP (inscrito sob CNPJ) remuneração mensal média de até dois salários mínimos durante 2019;
  • Tenham exercido atividade remunerada, durante pelo menos 30 dias, consecutivos ou não, em 2019;
  • Tenham seus dados informados pelo empregador corretamente na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) de 2019.

Por que não recebi?

Em alguns casos, a pessoa simplesmente não tem direito ao benefício. Já em outras, a empresa pode ter deixado de incluir o CPF na declaração de RAIS, logo a pessoa acaba não recebendo. Nesse caso, ela deve procurar o RH da empresa.

Como sacar o PIS/PASEP?

Para quem recebe o PIS, se a Caixa não possa creditar o valor do abono salarial em conta existente ou em Conta Poupança Social Digital, o trabalhador poderá efetuar o saque com o Cartão do Cidadão e senha nos terminais de autoatendimento, unidades lotéricas e nos Correspondentes Caixa Aqui, bem como nas agências a partir desta quinta.

Já para quem recebe o Pasep, os recursos podem ser sacados nas agências do Banco do Brasil.

Em ambos os casos, os recursos ficarão à disposição dos trabalhadores até 30 de junho de 2021, prazo final para o recebimento. O valor do PIS-Pasep 2020-2021 apresenta uma variação de R$92 a R$1.100,00 de acordo com o período trabalhado formalmente em 2019.

O calendário de pagamentos dos últimos lotes foi adiantado pelo governo federal em 1 mês.

Para efetuar o saque do abono do PIS, o trabalhador que possuir Cartão do Cidadão e senha cadastrada basta ir aos terminais de autoatendimento da Caixa ou a uma casa lotérica.

Caso não tenha o Cartão do Cidadão, existe a possibilidade de receber o valor em qualquer agência da Caixa, mediante apresentação de documento de identificação.

O que acontece se eu não sacar o PIS/PASEP?

Se o cidadão perdeu o prazo de saque do abono salarial, ele ainda tem 5 anos para receber a quantia. Caso contrário, somente poderá ter acesso ao dinheiro com ordem judicial.

Agora, o trabalhador que não recebeu o abono em 2021 poderá fazer isso a partir do próximo calendário. Este que tem início previsto para janeiro de 2022.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.