Não foi incluído no novo lote do auxílio emergencial? Contestação termina hoje (3)

No último mês, o governo federal liberou o Auxílio Emergencial para mais de 106.011 trabalhadores. Aqueles que possuem direito podem consultar dos aprovados pode ser feita no site Ministério da Cidadania ou Dataprev. 

Não foi incluído no novo lote do auxílio emergencial? Contestação termina hoje (3)
Não foi incluído no novo lote do auxílio emergencial? Contestação termina hoje (3) (Imagem: Marcos Rocha/ FDR)

Aqueles que fazem aniversário de janeiro a julho, os pagamentos do benefício foram realizados na sexta-feira (25). 

Já os demais contemplados neste novo lote receberam de acordo com o cronograma de pagamentos da terceira parcela. De sábado (26) até quarta-feira (30).

De acordo com o Ministério da Cidadania, os novos aprovados receberam a primeira, a segunda e a terceira parcelas de uma vez só. 

Para poder receber a quarta parcela, eles serão avaliados novamente e, se continuarem atendendo aos critérios do benefício, receberão de acordo com o calendário do ciclo 4 de pagamentos.

Os beneficiários considerados elegíveis depois do processamento dos dados que será realizado neste mês.

Segundo o site do ministério, “Outros dois mil requerimentos passarão por análise mais detalhada da Dataprev e do Ministério da Cidadania e terão o resultado divulgado em novo lote. Para quem não teve a solicitação aprovada, o prazo para contestação vai até 3 de julho”.

Os trabalhadores podem consultar a situação do benefício pelo aplicativo do auxílio emergencial, pelo site auxilio.caixa.gov.br ou pelo https://consultaauxilio.cidadania.gov.br/.

Como contestar o auxílio emergencial negado?

O beneficiário que não foi incluso nesse novo lote, e quiser contestar a negativa deve entrar no Portal de Consultas até o fim do dia de hoje, 3 de julho.

E inserir nos campos os seguintes dados: nome completo, nome da mãe, CPF e data de nascimento. Após consulta do seu requerimento, caso possa contestar, aparecerá na tela o botão “Solicitar Contestação”.

Valor das parcelas

O valor do benefício será de R$ 250 e vai variar de R$ 150 a R$ 375 segundo o perfil do beneficiário e a composição de cada família.

  • Famílias vão receber R$ 250;
  • Uma família monoparental, dirigida por uma mulher, vai receber R$ 375;
  • Pessoas que moram sozinhas vão receber R$ 150.

Como serão feitos os pagamentos?

O pagamento dos benefícios estão sendo realizados por meio da poupança social digital, mais conhecida como Caixa Tem. Essa decisão foi uma das formas encontradas de fazer com que a Caixa aumente a sua gama de clientes e assim possa oferecer mais serviços.

O aplicativo tinha sido criado para a realização do pagamento do auxílio emergencial, com o tempo o governo inseriu outros programas sociais e trabalhistas.

Aqueles que não possuem a conta podem ficar despreocupados, pois a abertura dela será feita pela Caixa de forma automática.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Não foi incluído no novo lote do auxílio emergencial? Contestação termina hoje (3)

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA