Funcionamento do comércio nas principais capitais do Nordeste

Pontos-chave
  • Comércio do Nordeste segue alterado em decorrência da pandemia;
  • No Recife, a volta dos museus e cinemas foi autorizada;
  • Em Fortaleza, a novidade é a possibilidade de retomada das aulas presenciais nas universidades e faculdades.

A pandemia do coronavírus permanece alterando o funcionamento do comércio em cidades pelo país. No Nordeste a situação não é diferente e de tempos em tempo novos decretos são criados para determinar os horários de funcionamento das atividades. Sabia como está a situação no Recife, Fortaleza, São Luís e Natal.

Funcionamento do comércio nas principais capitais do Nordeste
Funcionamento do comércio nas principais capitais do Nordeste (Imagem: Marlon Costa/Pernambuco Press)

Recife 

Na última semana, entrou em vigor um novo decreto que autorizou a volta dos cinemas, museus e do comércio nas praias da Região Metropolitana, inclusive aos fins de semana.

Com relação as praias, o governo estadual autorizou o comércio na faixa de areia, porém, cada prefeitura pode definir regras específicas para cada local.

No Recife, o comércio nas praias foi autorizado no período das 7h às 17h e a ciclofaixa de turismo e lazer das 7h às 16h.

As regras do decreto são válidas para todo o estado, menos para a parte do Sertão, onde está localizada a Macrorregião 3, que engloba os municípios de Arcoverde, Serra Talhada e Afogados da Ingazeira, pois eles possuem regras específicas. 

As determinações incluem o uso de máscara, disponibilização de álcool 70% e distanciamento de quatro metros entre os guarda-sóis e no máximo 6 pessoas em cada grupo. O atendimento deve ser limitado em 50%. Seguem proibidas as apresentações musicais e o uso de caixa de som.

  • Museus e cinemas 

Após ficar três meses fechado, o Paço do Frevo reabriu na semana passada e pode receber no máximo 30% de sua capacidade total. Estão liberadas as visitas individuais sem necessidade de agendamento. Visitas em grupo escolar ou excursões seguem proibidas.

Já os cinemas podem operar com 30% da capacidade total de cada sala de projeção. É  possível assistir ao filme com até três pessoas de um mesmo grupo, que podem sentar uma ao lado da outra. O consumo de pipoca e bebidas também foi liberado.

Fortaleza 

No Ceará, a principal mudança do último decreto que entrou em vigor nesta semana é a possibilidade de retomada das aulas presenciais nas universidades e faculdades. As medidas seguem até o próximo dia 10 de julho.

Segundo o novo decreto, todas as regiões do Ceará seguirão as mesmas determinações de funcionamento. O toque de recolher segue válido entre às 23h e 5h.

O que muda no comércio do Ceará com o novo decreto:

  • Feiras

A Associação das Feiras Livres de Fortaleza, estimou que cerca de 300 feiras livres devem retomar os atendimentos de forma legal na Capital. Segundo o decreto, as regras de proteção contra a covid, como distanciamento e capacidade máxima de 50% da capacidade devem ser obedecidas.

João Evangelista, diretor da associação, afirmou que muitas feiras estavam operando de forma indevida, pois elas eram as únicas fontes de renda dos feirantes dos mais variados segmentos.

  • Aulas presenciais

As aulas presenciais foram autorizadas no novo decreto para as instituições públicas e privadas de ensino superior de todo o Estado, incluindo a Região do Cariri.

A Universidade Federal do Ceará (UFC) informou em nota que a projeção é de que as aulas voltem a ser obrigatoriamente presencias somente no semestre letivo 2021.2, que tem previsão de inicio para 27 de setembro.

  • Eventos sociais para pessoas vacinadas

Fica liberado também a volta dos evento sociais para pessoas vacinadas, com as duas doses, ou que tenham testado negativo para Covid-19 até 48 horas antes do evento. Ainda não existe data para que isso aconteça.

O decreto diz que os eventos poderão ser feitos em buffets com capacidade para até 100 pessoas para espaços abertos e para até 50 participantes para ambientes fechados.

  • Áreas de lazer

As áreas de lazer e piscinas em clubes podem operar com 20% da capacidade. Os parques de diversão também estão liberados com limitação de 30% e uso de máscara.

Como o comércio de Pernambuco funciona neste feriado de São João?
Comércio pelo Brasil (Imagem: Felipe Ribeiro / JC Imagem)

São Luís 

O regime de restrições em vigor no estado do Maranhão foi prorrogado. O comércio e a indústria podem funcionar de 9h às 21h. Já os bares e restaurantes, podem abrir até às 23h. 

Supermercados estando liberados para abrir 6h à 0h. Além dos supermercados, academias, salões, bares e restaurantes estão autorizados a funcionar, todos com somente 50% da capacidade total.

Funcionamento do comércio em Natal

Na última quarta, 23, o Governo do Estado publicou um novo decreto que estabelece um cronograma de retomada gradual de eventos no Rio Grande do Norte. Este novo decreto renova também algumas medidas determinadas no decreto anterior. As determinações seguem até o dia 7 de julho.

O cronograma foi divido em partes teve início na última sexta, 25. A última fase deve acontecer em setembro, com espaços operando com sua capacidade total de ocupação.

As três fases foram definidas da seguinte forma:

  • Eventos tipo I: eventos corporativos, técnicos, científicos e convenções
  • Evento tipo II: eventos de massa, sociais, recreativos e similares
  • Evntos tipo III: cinemas, museus, teatros, circos, parques de diversões e afins

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.