Novo Bolsa Família, 3ª parcela e prorrogação do auxílio emergencial marcam a semana

Pontos-chave
  • O governo adiantou o pagamento da 3ª parcela do auxílio emergencial;
  • Além disso, começou o pagamento do benefício regular do Bolsa Família;
  • O governo ainda pretende ampliar o pagamento do auxílio

Nesta semana, muitas atualizações aconteceram com relação ao auxílio emergencial, como antecipação de calendário e prorrogação. Além disso, o Bolsa Família também começou a fazer pagamentos. Confira tudo.

3ª parcela do auxílio emergencial, Bolsa Família e prorrogação marcam a semana
3ª parcela do auxílio emergencial, Bolsa Família e prorrogação marcam a semana (Imagem: Marcos Rocha/ FDR)

3ª parcela do auxílio emergencial

Desde terça-feira (15),o governo federal e a equipe do ministério da cidadania publicou uma atualização na liberação da terceira parcela do benefício. Com essas modificações, a população deve estar atenta para não perder o benefício já que as datas de depósito e saque foram antecipadas.

Segundo o texto, o calendário do auxílio emergencial foi antecipado especificamente na terceira parcela de pagamento. Essa nova rodada começou no dia 18 de junho para os beneficiários nascidos no mês de janeiro.

O término do pagamento será até o dia 30 de junho, para os aniversariantes do mês de dezembro.

Além de mudanças no calendário de depósito o de saques também foi ajustado.  Aqueles que poderiam sacar apenas entre 13 de julho e 12 de agosto, poderão retirar entre 1 e 19 de julho, seguindo também as datas de nascimento.

Novo calendário da 3ª parcela do auxílio emergencial

Nascidos em Dia do crédito em conta Dia para saques em dinheiro e transferências
janeiro 18 de junho 1º de julho
fevereiro 19 de junho 2 de julho
março 20 de junho 5 de julho
abril 22 de junho 6 de julho
maio 23 de junho 8 de julho
junho 24 de junho 9 de julho
julho 25 de junho 12 de julho
agosto 26 de junho 13 de julho
setembro 27 de junho 14 de julho
outubro 29 de junho 15 de julho
novembro 30 de junho 16 de julho
dezembro 30 de junho 19 de julho
3ª parcela do auxílio emergencial, Bolsa Família e prorrogação marcam a semana
3ª parcela do auxílio emergencial, Bolsa Família e prorrogação marcam a semana (Foto: FDR)

Bolsa Família

Os pagamentos do programa Bolsa Família começaram a ser realizados para o benefício regular no dia 17, na quinta-feira. O calendário é definido de acordo com o final do NIS do beneficiário.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
OPORTUNIDADE
imagem do cartão
Você foi selecionado para ter um cartão de crédito, sem anuidade hoje mesmo.
Faça sua aplicação!
277 pessoas solicitando no momento...

Os beneficiários do Bolsa Família, continuam com a regra do valor mais vantajoso. A pessoa receberá o benefício com maior valor, seja a parcela paga no âmbito do programa, seja o valor do Auxílio Emergencial.

Os pagamentos do programa Bolsa Família em 2021, serão realizados por meio da poupança social digital, mais conhecida como Caixa Tem. Essa decisão foi uma das formas encontradas de fazer com que a Caixa aumente a sua gama de clientes e assim possa oferecer mais serviços.

Calendário do Bolsa Família – 3ª parcela do auxílio

Data de pagamento Quem recebe
17 de junho Beneficiários com NIS de final 1
18 de junho Beneficiários com NIS de final 2
21 de junho Beneficiários com NIS de final 3
22 de junho Beneficiários com NIS de final 4
23 de junho Beneficiários com NIS de final 5
24 de junho Beneficiários com NIS de final 6
25 de junho Beneficiários com NIS de final 7
28 de junho Beneficiários com NIS de final 8
29 de junho Beneficiários com NIS de final 9
30 de junho Beneficiários com NIS de final 0

Prorrogação do auxílio

O governo de Jair Bolsonaro deve prorrogar o pagamento do auxílio emergencial por mais três meses, sendo assim, será pago até outubro deste ano. Isso de acordo com o ministro da Economia, Paulo Guedes.

De acordo com Guedes, a decisão final sobre o número de parcelas será tomada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e pelo ministro da Cidadania, João Roma. Sempre com base em dados mais concretos do Ministério da Saúde sobre o ritmo de vacinação dos brasileiros.

Caso, toda a população adulta seja vacinada até o fim de setembro, o auxílio teria mais duas parcelas. Mas, se a vacinação para pessoas com 18 anos ou mais se estender até o fim de outubro, o benefício teria mais três parcelas.

Em abril, o governo reeditou o pagamento do auxílio emergencial, com o pagamento de quatro parcelas que variam de R$ 150 a R$ 375. O valor do benefício deve permanecer o mesmo com a prorrogação.

Semana passada, Guedes afirmou que, ao fim do pagamento das parcelas do auxílio, o governo implementará um novo Bolsa Família, já reformulado.

Valor das parcelas

O valor do benefício será de R$ 250 e vai variar de R$ 150 a R$ 375 segundo o perfil do beneficiário e a composição de cada família.

  • Famílias vão receber R$ 250;
  • Uma família monoparental, dirigida por uma mulher, vai receber R$ 375;
  • Pessoas que moram sozinhas vão receber R$ 150.

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.