Tabela do IR finalmente será atualizada? Conheça projeto da Câmara dos Deputados

Na última quarta-feira, a Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados aprovou proposta que corrige, desde 2015, a tabela mensal do Imposto de Renda. Além de prever atualização anual na tabela do IR, o texto corrige as deduções previstas em lei, segundo a Agência Câmara Notícias.

Tabela do IR finalmente será atualizada? Conheça projeto da Câmara dos Deputados
Tabela do IR finalmente será atualizada? Conheça projeto da Câmara dos Deputados (Imagem: Montagem/FDR)

O texto aprovado na semana passada ainda determina a atualização periódica conforme a inflação (IPCA) acumulada no ano anterior. O documento aprovado foi o substitutivo do relator, deputado Eduardo (PSDB-SP), ao Projeto de Lei 6094/13, do ex-deputado Vicente Candido e mais três parlamentares.

O relator incorporou partes de três apensados. Ele ainda recomendou o arquivamento de outros oito.

O relator, Eduardo Cury indicou a necessidade de aproveitar a oportunidade para dar tratamento definitivo ao tema. Assim, ele afirma a possibilidade de garantir correções automáticas da tabela do Imposto de Renda e das deduções — de forma a evitar a necessidade de voltar ao assunto todos os anos.

Por meio da análise e adequação financeira e orçamentária, o relatou interpretou que, ainda que resulte em redução na receita, a proposta não trata da concessão de benefício fiscal. Segundo ele, o reajuste da tabela limitado à inflação é uma medida necessária para evitar a piora da carga tributária.

O texto original, o PL 6094/13 indicava ainda novas regras para tributação sobre lucros e dividendos. No parecer aprovado, Eduardo Cury entendeu que este ponto seja debatido apenas no contexto de uma reforma tributária mais ampla.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
OPORTUNIDADE
imagem do cartão
Você foi selecionado para ter um cartão de crédito, sem anuidade hoje mesmo.
Faça sua aplicação!
277 pessoas solicitando no momento...

Proposta de atualização da tabela do IR

O substitutivo prevê a atualização da tabela e as deduções em 31,92% para 2021. Há a aplicação do IPCA acumulado desde a última correção, em 2015. A partir do dia 1º de janeiro de 2022, haverá atualização anual pelo IPCA do ano anterior.

Além da tabela mensal, será corrido o valor máximo para desconto simplificado na declaração anual.

Nas deduções — mensais e anuais —, os ajustes acontecerão na parcela isenta de pensão, aposentadoria, reserva remunerada e forma de maiores de 65 anos e nos limites dos gastos com instrução e por dependente.

O projeto tramita em caráter conclusivo. O texto ainda será analisado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do FDR produzindo conteúdo sobre economia.