Easynvest by Nubank: Tudo sobre os primeiros passos da unificação das empresas

Na última quarta, 2, o Nubank anunciou a finalização dos trâmites jurídicos para a compra da Easynvest, processo que começou em setembro de 2020. Agora, a fintech e a corretora iniciarão a fusão de suas marcas e o objetivo é simplificar o mundo dos investimentos. 

Easynvest by Nubank: Tudo sobre os primeiros passos da unificação das empresas
Easynvest by Nubank: Tudo sobre os primeiros passos da unificação das empresas (Imagem: Reprodução Exame)

As mudanças começaram pelo nome da corretora digital, que agora se chamará “Easynvest by Nubank”. A nova marca já está presente no site da empresa, na plataforma de investimentos, nas redes sociais, no aplicativo e no blog.

A Easynvest by Nubank possui uma operação totalmente digital e conta com mais de 1,6 milhão de clientes e R$25 bilhões de ativos sob custódia. O CEO da empresa, Fernando Miranda ficará encarregado de comandar o novo setor de investimentos do Nubank.

Esta não é a primeira experiência do Nubank na área de investimentos. Em abril deste ano, a fintech passou a oferecer três Fundos Multimercado com valor mínimo de R$1 e todo o processo é feito através do aplicativo.

Nada de mudanças neste primeiro momento

A única mudança que ocorreu nas duas plataformas neste início foi o logotipo. O Nubank explicou que todos os serviços da Easynvest permanecem funcionamento. E oferecendo acesso a cerca de 400 opções de investimento sem custo para abertura e manutenção da conta na plataforma.

O aplicativo das duas empresas também permanecem em funcionamento de forma separada, sendo assim, os clientes do Nubank e da Easynvest podem acessar cada um normalmente. As equipes de atendimento também trabalham em estruturas diferentes.

A compra da Easynvest não foi a única efetuada pela fintech em 2020. Também foram adquiridas a Plataformatec, consultoria brasileira de tecnologia, e a americana Cognitec, de engenharia de software.

Nubank é escolhido como melhor banco do Brasil

A Forbes publicou uma lista com os melhores bancos do mundo e no Brasil, o Nubank ficou em primeiro lugar. Foram considerados pelo relatório cerca de 500 bancos de 28 países, entre eles, os do Brasil.

Na prática, a Forbes analisou a satisfação dos clientes de bancos em vários países por meio do relatório chamado de Word’s Best Banks 2021. A lista foi dividida por país e o Brasil incluiu 15 bancos no ranking.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA