Privatizações dos Correios e Eletrobras vão receber leilões concorridos, diz Guedes

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que o programa de privatizações foi retomado. Guedes espera leilões concorridos para privatizações dos Correios e Eletrobras. A declaração aconteceu no Fórum de Investimentos Brasil 2021 (BIF).

Privatizações dos Correios e Eletrobras vão receber leilões concorridos, diz Guedes
Privatizações dos Correios e Eletrobras vão receber leilões concorridos, diz Guedes (Imagem: Fernando Frazão/Agência Brasil)

Segundo o ministro Paulo Guedes, antes eram vendidas subsidiárias. Agora, o governo está vendendo Correios e Eletrobras. Assim como aconteceu na Vale, Guedes disse que espera “sucesso garantido com privatizações de Correios e Petrobras”.

O ministro ainda alegou que as privatizações resultarão em disparada imediata de investimentos em áreas sociais críticas, como saneamento.

O Fórum de Investimentos Brasil 2021, no qual Guedes participou, é um evento internacional, organizado pela Apex-Brasil, Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e governo federal.

Privatizações de Correios e Eletrobras têm avançado

Em março deste ano, o conselho do Programa de Parcerias de Investimentos (CPPI) incluiu os Correios, a Eletrobras e a Empresa Brasil de comunicação (EBC) no Programa Nacional de Desestatização (PND).

O encontro, no qual resultou nesta decisão, contou com a presença do presidente Jair Bolsonaro e do ministro da Economia, Paulo Guedes, de acordo com a Agência Brasil.

Antes de terem o destino decidido, as empresas passarão por estudos. Sobre a Eletrobras e à EBC, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) realizaria o início dos estudos técnicos.

Já com relação aos Correios, o CPPI finalizou os primeiros estudos — que analisaram modelos de desestatização em outros países. Desse modo, houve a inclusão da empresa no PND, onde seria iniciada a segunda fase dos estudos.

Correios e Eletrobras registraram lucros bilionários em 2020

Apesar da intenção de privatização, os Correios e Eletrobras tiveram balanços positivos no ano passado. Os Correios registraram lucro líquido de R$ 1,53 bilhão em 2020.

Este dado esteve presente em uma comunicação enviada pelo presidente da estatal, Floriano Peixoto Vieira Neto, ao Ministério da Economia, segundo apurado pela redação CUT.

Segundo o balanço financeiro divulgado em março, a Eletrobras teve lucro de R$ 6,387 bilhões no ano passado. Segundo a direção da estatal, o resultado indica a robustez e liquidez da empresa mesmo em meio à pandemia de covid-19.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Privatizações dos Correios e Eletrobras vão receber leilões concorridos, diz Guedes

×
Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do FDR produzindo conteúdo sobre economia.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA