Receita Federal recebe Imposto de Renda até hoje (31); confira como enviar

Pontos-chave
  • Prazo para envio da declaração do IR 2021 termina nesta segunda (31);
  • Os contribuintes que enviarem as informações com atraso deverão pagar multa;
  • A Receita Federal possibilita algumas formas de enviar a declaração pela internet.

Termina nesta segunda-feira (31), às 23h59, o prazo de entrega da declaração do Imposto de Renda 2021. A poucas horas do fim do período estabelecido, cerca de 750 mil declarações ainda não foram entregues. Os contribuintes que perderem o prazo deverão pagar multa.

Receita Federal recebe Imposto de Renda até hoje (31); confira como enviar
Receita Federal recebe Imposto de Renda até hoje (31); confira como enviar (Imagem: Montagem/FDR)

Para o Imposto de Renda 2021, a Receita Federal espera receber 32 milhões de declarações. Até as 11h, cerca de 31.247.387 documentos foram enviados ao Fisco.

Inicialmente, a declaração o IR deveria ser entregue no final de abril. Por conta da pandemia de covid-19, a Receita Federal decidiu estender por um mês o prazo de envio do documento.

Os contribuintes que não entregarem dentro do prazo previsto deverão pagar multa. O valor será de 1% do imposto devido ao mês — com valor mínimo de R$ 165,74 e máximo de 20% do imposto devido.

Contribuinte pode enviar declaração incompleta dentro do prazo para corrigir depois

Mesmo que o contribuinte não tenha todos os comprovantes ou está em dúvida se os dados estão corretos, advogados e contadores apurados pelo Valor aconselham a cumprir o prazo e fazer as correções posteriormente.

Assim, o cidadão poderá evitar multa por atraso na entrega. Apesar dessa mudança, o calendário de restituição foi mantido.

Neste caso, basta entregar novamente com as informações corretas. Esta possibilidade está disponível na opção de “Declaração Retificadora” na ficha de Identificação do Contribuinte. Para evitar outros problemas, é aconselhável que a declaração retificadora seja feita o quanto antes.

Nessa hipótese, será preciso ter o número do recibo encontrado na declaração original enviado. Cabe destacar que o cidadão que entregar a declaração após o fim do período estipulado não poderá alterar o modelo de declaração — simples ou completa.

Opções para preencher a declaração do Imposto de Renda 2021

Os contribuintes contam com três opções para enviar a declaração do Imposto de Renda 2021. O preenchimento pode ser realizado é por meio do Programa Gerador de Declaração (PGD). Neste caso, basta baixar o programa relativo ao ano que deseja declarar.

Outra forma de prestar contas à Receita Federal é por meio do Portal e-CAC, na opção “Meu Imposto de Renda”. Além disso, a declaração pode ser preenchida pelo aplicativo Meu Imposto de Renda.

Como declarar o Imposto de Renda

O primeiro passo para realizar a declaração do IR é reunir os comprovantes, segundo informado pelo Valor.

Entre os documentos, estão os informes de rendimento do banco e do empregador, comprovantes de despesas com educação e saúde — que poderão ser deduzidas — e documentos que comprovam a compra de posse de bens, como veículos e imóveis.

Ao acessar o programa da declaração, será preciso seguir o passo lógico informado. Nessa etapa, vale estar atento a todas as informações solicitadas, de forma a evitar possíveis erros. Primeiramente, o contribuinte deverá informar no programa da declaração os dados cadastrais.

Em seguida, será necessário escolher o modelo de declaração — completo ou simplificado. Ao declarar dentro do prazo, o próprio programa indicará qual é a opção mais vantajosa, conforme as informações do próprio contribuinte.

Após o envio da declaração, o programa gerará um recibo. Este número será necessário para corrigir os possíveis erros no formulário. Assim, é importante salvar o recibo e o arquivo completo da declaração.

O prazo final de entrega da declaração do IR 2021 foi estendido por um mês devido à pandemia de covid-19
O prazo final de entrega da declaração do IR 2021 foi estendido por um mês devido à pandemia de covid-19 (Imagem: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Quem deve enviar a declaração do Imposto de Renda 2021

Será preciso declarar o Imposto de Renda 2021, referente ao ano de 2020:

  • Quem recebeu auxílio emergencial e teve outros rendimentos tributáveis em valor anual superior a R$ 22.847,76;
  • Quem recebeu rendimentos tributáveis superiores a R$ 28.559,70;
  • Quem recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40 mil;
  • Quem obteve, em qualquer mês, ganho de capital na alienação de bens ou direitos sujeito à incidência do imposto ou fez operações em bolsas de valores e de mercadorias, de futuros e assemelhadas;
  • Quem teve receita bruta com atividade rural em valor acima de R$ 142.798,50;
  • Quem pretende compensar, no ano calendário de 2020 ou posteriores, prejuízos com a atividade rural de anos-calendário anteriores ou do próprio ano-calendário de 2020;
  • Quem teve, até 31 de dezembro, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total acima de R$ 300 mil;
  • Quem passou a morar no Brasil em qualquer mês e se encontrava nessa condição até 31 de dezembro;
  • Quem optou pela isenção do Imposto sobre a Renda sobre o ganho de capital na venda de imóveis residenciais, cujo produto da venda seja aplicado na compra de imóveis residenciais localizados no país, no prazo de 180 dias, contado da celebração do contrato de venda.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do FDR produzindo conteúdo sobre economia.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA