INSS paga salário acima de R$ 9 mil no 13°; confira quem vai receber

O calendário referente à antecipação do 13º salário do INSS teve início na última semana, mais precisamente no dia 25 de maio. Os primeiros a serem contemplados foram os beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que recebem benefícios no limite do piso nacional, ou seja, R$ 1.100. 

INSS paga salário acima de R$ 9 mil no 13°; confira quem vai receber
INSS paga salário acima de R$ 9 mil no 13°; confira quem vai receber. (Imagem: Marcos Rocha/ FDR)

Agora, desta terça-feira, 1º, em diante, recebem a primeira parcela do 13º salário do INSS, os beneficiários que recebem benefícios com valores superiores ao teto de R$ 6 mil.

A medida possibilitará que a antecipação da primeira e da segunda parcela do abono natalino sejam efetuados em maio e junho, respectivamente. 

A primeira parcela do benefício se equipara ao percentual de 50% do valor total a ser pago, mais o salário tradicional. Por exemplo, quem recebe o teto de R$6.433,57, vai ter o valor normal mais R$3.216,78.

Na soma entre o salário comum e o 13°, o valor fica superior a R$ 9 mil. Nesta etapa é depositado o saldo integral sem a incidência de nenhum desconto.

Enquanto isso, a segunda parcela é afetada pela soma de reduções tributárias, como o Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF), caso o beneficiário da autarquia ainda seja um contribuinte. 

Mesmo diante do cronograma de pagamentos estabelecido pelo INSS, houve um atraso nos depósitos do benefício. Este impasse aconteceu devido à falta de consenso responsável pela apreciação do Orçamento de 2021.

A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), deveria ter sido votada em dezembro de 2020, embora a aprovação pelo Congresso Nacional tenha ocorrido somente no dia 25 de março deste ano.

Um outro fator que também atrapalhou o calendário do 13º salário do INSS consiste no corte de um recurso no valor de R$ 24,6 bilhões que inicialmente seriam destinados a despesas obrigatórias. É o caso do pagamento de aposentadorias, pensões, benefícios previdenciários e trabalhistas. 

Lembrando que a ordem dos pagamentos segue o dígito final do Número de Identificação Social (NIS), recebem a primeira parcela do 13º salário do INSS ainda esta semana, os beneficiários cujo dígito final é: 1, 2, 3 e 4. Este grupo equivale aos benefícios com valor correspondente a um salário mínimo. 

Calendário 13° salário do INSS

Benefícios com valor máximo de um salário mínimo

Dígito final 1ª parcela – Maio 2ª parcela – Junho
1 25 de maio 24 de junho
2 26 de maio 25 de junho
3 27 de maio 28 de junho
4 28 de maio 29 de junho
5 31 de maio 30 de junho
6 01 de junho 01 de julho
7 02 de junho 02 de julho
8 04 de junho 05 de julho
9 07 de junho 06 de julho
0 08 de junho 07 de julho

Benefícios superiores a um salário mínimo 

Dígito final 1ª parcela – Maio 2ª parcela – Junho
1 e 6 01 de junho 01 de julho
2 e 7 02 de junho 02 de julho
3 e 8 04 de junho 04 de julho
4 e 9 07 de junho 06 de julho
5 e 0 08 de junho 07 de julho

 

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

INSS paga salário acima de R$ 9 mil no 13°; confira quem vai receber

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA