Enem 2021: Pedido de isenção, mudanças para 2022 e todas as novidades da prova

Pontos-chave
  • Até hoje, 28, é possível solicitar a isenção da taxa;
  • Ainda é incerta a data de aplicação das provas do ENEM 2021;
  • Nessa edição teremos de novo o exame digital;
  • Um projeto de lei pede a ampliação da isenção.

O Enem 2021 segue sem data prevista, mas algumas etapas já estão disponíveis para os estudantes brasileiros. Com o Exame Nacional do Ensino Médio é possível ingressar no ensino superior com uso de diversos programas.

Enem 2021: Pedido de isenção, mudanças para 2022 e todas as novidades da prova
Enem 2021: Pedido de isenção, mudanças para 2022 e todas as novidades da prova (Imagem/Reprodução: Imprensa 24 horas)

O Enem foi criado com o intuito, incialmente, de medir o aprendizado dos estudantes brasileiros.

No entanto, aos poucos foi sendo usado como forma de ingresso no ensino superior, atualmente o uso da nota do exame substitui o vestibular em diversas instituições.

Isenção no Enem 2021

Até hoje (28) é possível fazer o pedido de isenção e a justificativa de ausência no exame de 2020. Em ambos os casso o estudante deve acessar a Página do Participante.

Têm direito à isenção aqueles estudantes que:

  • Fizeram todo o ensino médio na rede pública de ensino;
  • Concluíram o ensino médio na condição de bolsista na rede particular e que tenham renda familiar até um salário e meio por pessoa;
  • Estejam em condição de vulnerabilidade socioeconômica ou sejam membros de famílias de baixa renda inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

Vale lembrar que os estudantes contemplados com a isenção da taxa ainda terão que realizar a inscrição no exame. A única diferença é que eles não precisarão imprimir e pagar o boleto de pagamento de inscrição.

Já a justificativa de ausência é aceita quando o estudante foi impedido de fazer o exame devido a uma das seguintes situações:

  • Acidente de Trânsito;
  • Acompanhamento de cônjuge ou companheiro;
  • Assalto/Furto;
  • Atividade curricular;
  • Casamento/União Estável;
  • Deslocamento a trabalho;
  • Emergência/Internação/repouso médico ou odontológico;
  • Intercâmbio acadêmico e;
  • Maternidade;
  • Morte na Família;
  • Paternidade;
  • Privação de liberdade;
  • Trabalho.

Por conta do alto índice de ausência no exame de 2020 devido a pandemia, um Projeto de Lei foi protocolado pelo deputado federal Ildivan Alencar e visa fazer com que esse público também seja assistido com a isenção. Ele ainda deverá ser analisado.

Enem 2021: Pedido de isenção, mudanças para 2022 e todas as novidades da prova
Enem 2021: Pedido de isenção, mudanças para 2022 e todas as novidades da prova (Imagem/Reprodução: Carlos Cecconello/Folhapress)

 Data do Enem 2021

O calendário do exame desse ano ainda é incerto, já houveram especulações quanto a um possível adiamento. Semanas atrás o presidente do INEP, Danilo Dupas Ribeiro, havia afirmado que o exame só aconteceria em 2022.

Mas voltou atrás e afirmou que não é possível falar em uma data exata ainda, já que ele segue em planejamento.

O Enem 2021 deve seguir uma das seguintes datas:

  1. Impresso: 31/10 e 07/11/2021 – Digital: 14 e 21/11/2021 – PPL: 28/11 e 05/12/2021
  2. Impresso: 07 e 14/11/2021 – Digital: 21 e 28/11/2021 – PPL: 05 e 12/12/2021
  3. Impresso: 09 e 16/01/2022 – Digital: 23 e 30/01/2022 – PPL: 06 e 13/02/2022
  4. Impresso: 16 e 23/01/2022 – Digital: 16 e 23/01/2022 – PPL: 30/01 e 06/02/2022

Ao acessarem o portal para realizar o pedido de isenção os estudantes se depararam com uma informação quanto ao período de inscrição no exame. Que deve acontecer de 28 de junho a 9 de julho.

Vale lembrar que são necessários 170 dias entre o término nas inscrições e o primeiro dia de provas. Sendo assim, ainda seria possível a aplicação em 2021.

Outro ponto que coloca em dúvida a aplicação do exame nesse ano é o orçamento aprovado, que, aparentemente, não contemplaria a aplicação das provas.

O que já se sabe sobre o ENEM 2021?

Inicialmente a estrutura da prova não deve ser alterada, ou seja, os estudantes responderão a 180 questões, divididas em 4 áreas do conhecimento; além de uma redação sobre atualidades.

Essa edição também deve contar com o Enem Digital e PPL (para pessoas que cumprem medidas socioeducativas). Uma novidade que segue ainda incerta é o ENEM Seriado, que seria iniciado em 2021, ele aconteceria por meio do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb).

No entanto, o MEC, devido ao orçamento limitado, está analisando a possibilidade de não realizar a prova do Saeb em 2021.

O método de avaliação a Teoria de Resposta ao Item (TRI) também deve continuar a ser usada para a correção das provas do exame.

Em 2020 muitos estudantes questionaram o “nível de dificuldade” da prova impressa e digital, no entanto, o INEP informou que é impossível uma prova ser completamente igual, mas que o nível delas era relativo.

Espelho da Redação do Enem 2020

A partir das 18 horas dessa sexta-feira, 28, os estudantes poderão consultar as vistas pedagógicas ou espelho da redação.

Ela é a correção do texto dissertativo-argumentativo produzido pelo estudante no exame. Também hoje será divulgado o desempenho dos participantes treineiros.

Fique bem informado, acompanhe a editoria de carreiras do FDR.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR. Jamille utiliza sua experiência na área da educação para cobrir notícias sobre cursos, vestibulares, empregos e concursos.