Meu INSS: Cosulte o valor e datas da primeira parcela do 13° salário

Começa nesta terça-feira, 25, os depósitos da primeira parcela do 13º salário do INSS. O benefício trabalhista também é direcionado aos aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Meu INSS: Cosulte o valor e datas da primeira parcela do 13° salário
Meu INSS: Consulte o valor e datas da primeira parcela do 13° salário. (Imagem: Marcos Rocha/ FDR)

Os segurados do INSS que desejam conferir se o valor foi depositado, basta que acessem o site ou aplicativo Meu INSS, e verifique os extratos de pagamento disponíveis. A liberação dos valores aconteceu logo após o fechamento da folha de pagamento dos benefícios previdenciários fixos. 

A medida consiste na antecipação do 13º salário do INSS para os meses de maio e junho. Portanto, os depósitos serão efetuados no mesmo calendário das aposentadorias, pensões por morte e outros auxílios pagos pela Previdência Social. 

Vale ressaltar que o calendário foi dividido em duas etapas, a primeira contempla os beneficiários que recebem quantias equivalentes a um salário mínimo vigente. E a segunda etapa é voltada aos segurados que recebem quantias superiores a um salário mínimo. 

A primeira parcela é integral equivale a 50% do valor do benefício, não havendo a incidência de nenhum desconto. Já a segunda parcela conta com a soma de reduções tributárias do Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF), se o pensionista em questão for contribuinte.

O 13º salário do INSS será capaz de aplicar, aproximadamente, R$ 52,7 bilhões na economia do país. A movimentação deste recurso acontecerá após a disponibilização de 31 milhões de benefícios. Os dados foram apurados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Vale mencionar que o benefício é pago aos segurados do INSS contemplados por auxílio por incapacidade temporária, auxílio-acidente e auxílio-reclusão. No entanto, os cidadãos inscritos no Benefício de Prestação Continuada (BPC) não têm direito ao 13º salário do INSS. No geral, podem receber as duas parcelas os segurados que recebem os seguintes benefícios:

  • Aposentadoria;
  • Pensão por morte;
  • Auxílio-doença;
  • Auxílio-acidente;
  • Auxílio-reclusão;
  • Salário-maternidade.

A proposta de antecipar o 13º salário do INSS é uma iniciativa do Governo Federal a caráter emergencial, visando amenizar os impactos econômicos provenientes da pandemia da Covid-19.

Porém, não há com o que se preocupar quanto a um possível rombo nos cofres públicos, pois este investimento já está incluído no Orçamento de 2021. 

Lembrando que a ordem dos pagamentos segue o dígito final do Número de Identificação Social (NIS), recebem a primeira parcela do 13º salário do INSS ainda esta semana, os beneficiários cujo dígito final é: 1, 2, 3 e 4.

Este grupo equivale aos benefícios com valor correspondente a um salário mínimo. Veja o calendário a seguir:

Benefícios com valor máximo de um salário mínimo

Dígito final 1ª parcela – Maio 2ª parcela – Junho
1 25 de maio 24 de junho
2 26 de maio 25 de junho
3 27 de maio 28 de junho
4 28 de maio 29 de junho
5 31 de maio 30 de junho
6 01 de junho 01 de julho
7 02 de junho 02 de julho
8 04 de junho 05 de julho
9 07 de junho 06 de julho
0 08 de junho 07 de julho

Benefícios superiores a um salário mínimo 

Dígito final 1ª parcela – Maio 2ª parcela – Junho
1 e 6 01 de junho 01 de julho
2 e 7 02 de junho 02 de julho
3 e 8 04 de junho 04 de julho
4 e 9 07 de junho 06 de julho
5 e 0 08 de junho 07 de julho

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.