Universidades federais voltam a receber parte do orçamento bloqueado

Governo Federal libera R$ 2,61 bilhões do orçamento das Universidades Federais que estava bloqueado. Com essa verba as universidades poderão sustentar seus gastos por alguns meses a mais.

Universidades federais voltam a receber parte do orçamento bloqueado
Universidades federais voltam a receber parte do orçamento bloqueado (Imagem/Reprodução: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo)

Após diversas ameaças por parte das instituições sobre o fechamento das suas atividades por falta de verba, o Ministério da Economia anunciou que vai realizar o desbloqueio de R$ 2,61 bilhões destinados as instituições de ensino superior federais.

Universidades Federais recebem parte do orçamento

O valor que deve ser liberado deve trazer certo alívio às instituições, no entanto, ele não é suficiente para a manutenção das universidades federais abertas por mais do que dois meses.

É o que afirma Edward Madureira Brasil, presidente da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes):

“Isso dará um fôlego de algumas semanas ou, no máximo, dois meses. A situação é terrível. Estamos tendo que cancelar coisas elementares”.

Além de presidente da Andifes, Edward também é reitor da Universidade Federal de Goiás (FG).

Ou seja, ele fala como um membro técnico, mas também atuante dentro de uma das instituições que sofre com os cortes de gastos.

O valor que deverá ser liberado é destinado às despesas de custeio, que são os gastos com bolsas de pesquisa, auxílios, pagamento de contas diversas (água, luz, contratos, entre outros), projetos de extensão e manutenção das instalações.

Entenda melhor o que vem acontecendo com as universidades federais

Ao contrário do que muita gente pensa, os cortes e bloqueios de verbas não são recentes, mas práticas de anos.

O que acontece é que o governo foi ano após ano diminuindo o investimento na educação de nível superior federal.

Em 2011 o investimento foi de R$ 5,6 bilhões, 10 anos depois e o valor destinado previsto para esse ano é de R$ 4,5 bilhões, de acordo com dados da Andifes. O que representa uma queda de 37% no investimento.

Só de 2020 para 2021 houve a redução em 18% do investimento. Vale lembrar que 40% do orçamento previsto para 2021 está bloqueado.

A possibilidade de fechamento de universidades federais tomou conta de todo o país e se mostrou uma lamentável noticia, já que essas instituições contribuem efetivamente para a sociedade.

E de acordo com dados da  Índice Geral de Cursos Avaliados da Instituição (IGC) de 2019, 71% das universidades federais atingiram o máximo de qualidade.  

Fique bem informado, acompanhe a editoria de carreiras do FDR.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Universidades federais voltam a receber parte do orçamento bloqueado

Jamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA