Confira NOVOS horários de funcionamento do comércio e serviços em SP

Na última sexta-feira, 7, o Governo de São Paulo (SP) fez um comunicado sobre o relaxamento de algumas medidas restritivas em combate à pandemia da Covid-19. As ações se tratam de uma breve transição do Plano SP entre o período de 1º a 9 de maio. 

Confira NOVOS horários de funcionamento do comércio e serviços em SP
Confira NOVOS horários de funcionamento do comércio e serviços em SP. (Imagem: Roberto Parizotti/Fotos Públicas)

Durante este tempo, haverá a flexibilização no horário de funcionamento do comércio em SP. A ampliação será entre 06h e 21h, entrando em vigor já no último sábado, 8, permitindo o funcionamento de lojas, shoppings, restaurantes, salões de beleza, academias e demais estabelecimentos comerciais.

No entanto, o Governo de SP reforça que mesmo diante das novas possibilidades, ainda que temporárias, é essencial se atentar quanto às medidas de segurança sanitárias. Por isso, a administração estadual aumentou de 25% para 30% a recomendação de capacidade máxima nos estabelecimentos comerciais.

Em contrapartida, se tratam apenas de recomendações, uma vez que as medidas em SP não foram regulamentadas por lei. Portanto, não há amparo legal para a incidência de multas ou fiscalizações. 

“Damos assim a continuidade gradual e segura de abertura da economia do estado de SP para recuperar empregos e dar oportunidade aos brasileiros do nosso estado, de terem acesso à renda, salário e dignidade em suas vidas”, disse João Doria. 

Vale mencionar que até o levantamento da última sexta-feira, 7, o Estado de SP registrou 99.989 mortes provenientes da Covid-19. Este número consiste na apuração feita desde o início da pandemia ainda em 2020. Neste tempo, também foram contabilizados 2.984.182 casos confirmados da doença. 

A taxa de ocupação de leitos da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) em SP é de 78,3% em todo o Estado e de 76,3% somente na Grande SP. Este é um dos principais fatores que colocou a unidade federativa na denominada “fase de transição” do Plano SP desde meados do mês de abril. 

Se esta estratégia não tivesse sido criada, provavelmente o Estado de SP estaria na fase vermelha, a mais restritiva do Plano SP. Neste sentido, os indicadores do Governo Estadual apontaram que 14 das 17 regiões paulistas já deveriam ter sido declaradas na fase vermelha, tendo em vista que ultrapassaram o percentual de 75% de ocupação dos leitos de UTI.

 

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Confira NOVOS horários de funcionamento do comércio e serviços em SP

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA