Inscrição no BPC garante prioridade na fila de vacinação da COVID-19

Governo federal anuncia mudanças no cronograma de vacinação contra o novo coronavírus. Nessa semana, o Ministério da Saúde liberou um novo calendário determinando quem são os grupos prioritários para a imunização da covid-19. De acordo com o documento, os brasileiros que estão inscritos no BPC, pelo INSS, terão direito ao medicamento a partir do mês de maio.

Inscrição no BPC garante prioridade na fila de vacinação da COVID-19 . (Imagem: Paulo Paiva/Agif/Estadão Conteúdo)
Inscrição no BPC garante prioridade na fila de vacinação da COVID-19 . (Imagem: Paulo Paiva/Agif/Estadão Conteúdo)

Uma nova rodada na campanha de imunização contra a covid-19 está prestes a começar. Ao longo das próximas semanas, as pessoas com comorbidades passarão a ser vacinadas, estando inclusas no grupo prioritário.

Isso significa dizer que o segurado do Benefício de Prestação Continuada (BPC) poderá ser medicado.

Regras para a inclusão na fila de vacinação

Para poder ter acesso a vacina, o cidadão deverá comprovar seu quadro médico. De acordo com o governo, as pessoas entre 55 e 59 anos que tenham problemas de saúde e atestem seus vínculos com o INSS passarão a ser imunizados.

A justificativa para a seleção destes se deu mediante ao risco de agravamento dos casos:

“Entendemos que as pessoas socioeconomicamente mais desfavorecidas estão ainda mais vulneráveis aos impactos da covid-19, adotou-se como critério de priorização para esse grupo o cadastro no BPC (benefício concedido às pessoas cuja renda familiar mensal seja de até ¼ de salário mínimo por pessoa). As demais pessoas com deficiência permanente serão contempladas no seguimento do PNO), afirmou o governo.

Nova lista de inclusão dos grupos prioritários da vacina

Fase 1

  • Vacinar proporcionalmente, de acordo com o quantitativo de doses disponibilizado:
  • Pessoas com Síndrome de Down, independentemente da idade;
  • Pessoas com doença renal crônica em terapia de substituição renal (diálise) independentemente da idade;
  • Gestantes e puérperas com comorbidades, independentemente da idade;
  • Pessoas com comorbidades de 55 a 59 anos.
  • Pessoas com Deficiência Permanente cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) de 55 a 59 anos

Fase 2

  • Vacinar proporcionalmente, de acordo com o quantitativo de doses disponibilizado, segundo as faixas de idade de 50 a 54 anos, 45 a 49 anos, 40 a 44 anos, 30 a 39 anos e 18 a 29 anos:
  • Pessoas com comorbidades;
  • Pessoas com Deficiência Permanente cadastradas no BPC;
  • Gestantes e puérperas independentemente de condições pré-existentes;

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA