Goiânia libera auxílio emergencial de R$ 300 em seis parcelas; veja como receber

Novo auxílio emergencial é aprovado em Goiânia. Nessa semana, a prefeitura municipal informou que estará liberando um benefício local para os trabalhadores que tiveram o ofício prejudicado pela pandemia do novo coronavírus. Ao todo, serão concedidas seis parcelas de R$ 300. A seguir, saiba como se candidatar.

Goiânia libera auxílio emergencial de R$ 300 em seis parcelas; veja como receber (Imagem: Marcos Rocha/ FDR)
Goiânia libera auxílio emergencial de R$ 300 em seis parcelas; veja como receber (Imagem: Marcos Rocha/ FDR)

Mesmo com a liberação do auxílio emergencial federal, a prefeitura de Goiânia acaba de aprovar a liberação de um benefício local. Intitulado de Renda Família, o projeto concederá mensalidades de R$ 300 para os trabalhadores que foram afetados pela pandemia do novo coronavírus.

Como participar?

Para poder receber o cidadão precisa fazer sua inscrição no cadastro social da prefeitura, encerrado no dia 30 de abril. O procedimento pode ser feito online, pela página da cidade, ou presencialmente na sede da gestão local.

Basta apresentar o número de inscrição do imóvel, os nomes e CPFs de todos os moradores com mais de 16 anos da casa, e, no caso de a residência ser alugada, contrato de aluguel ou declaração do proprietário.

Para as candidaturas online, todos os documentos devem ser digitalizados e anexados.

Quais as regras de inclusão?

O benefício será destinado exclusivamente para a família onde todas as pessoas estejam desempregadas. É importante ressaltar que apenas maiores de idade terão direito ao recebimento. Além disso, a única renda fixa declarada aceita é pelo Bolsa Família.

Por fim, a prefeitura exige que o valor venal do imóvel onde a família mora não seja maior que R$ 100 mil, mesmo que a casa seja alugada.

Como receber auxílio emergencial de Goiânia?

Uma vez que a inscrição é aprovada, o pagamento será feito mensalmente, sob calendário ainda não anunciado, através de um cartão de crédito elaborado pela prefeitura. O dispositivo será enviado para o endereço informado no cadastro.

A previsão é que cerca de 24 mil famílias sejam contempladas. Para quem atua como MEI, no entanto, não haverá a inclusão. Os pequenos empreendedores devem recorrer aos benefícios concedidos pelo governo federal, como a otimização de solicitações de empréstimos.

Para saber mais sobre o auxílio emergencial de Goiânia e demais regiões, acompanhe nossa página exclusiva do coronavoucher. Nela você tem acesso aos calendários de pagamentos e mais.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.