PIS/PASEP 2021 vai beneficiar quem trabalhou em 2020; veja quem recebe

Pontos-chave
  • Governo atrasa cronograma do PIS/PASEP;
  • Benefício será unificado em 2022;
  • Regras de concessão são disponibilizadas.

Governo federal anuncia unificação do calendário PIS/PASEP 2021/2022. Os trabalhadores que estão aguardando pela concessão do abono salarial ao longo deste ano devem ficar atentos. Diante da pandemia do novo coronavírus, o pagamento foi remarcado para fevereiro do próximo ano, sob justificativa orçamentária. Entenda quem será contemplado, abaixo.

PIS/PASEP 2021 vai beneficiar quem trabalhou em 2020; veja quem recebe (Imagem: Minne Santos)
PIS/PASEP 2021 vai beneficiar quem trabalhou em 2020; veja quem recebe (Imagem: Minne Santos)

Mais alterações nos calendários dos benefícios destinado aos trabalhadores. O Ministério da Economia confirmou que o pagamento do PIS/PASEP 2020/2021 acontecerá apenas em 2022.

A ideia é que sejam unificados os cronogramas com ano base 2020 e 2021 para que em 2022 seja feito o pagamento total.

Porque remarcar o PIS/PASEP?

A justificativa concedida pelo poder público se deu mediante ao contexto do novo coronavírus. Tendo em vista ainda o clima de instabilidade econômica que afeta o país, o ministério da economia já informou que estará mantendo a concessão do BEm.

O benefício é destinado para o trabalhador que teve a jornada de trabalho e o salário reduzido temporariamente. De acordo com o projeto do governo, a MP permite que os empresários suspendam e alterem o contrato de seus servidores temporariamente.

Durante esse período, uma espécie de seguro desemprego vem sendo ofertado para manter uma renda mínima na carteira do cidadão.

Como funcionará o PIS/PASEP em 2022?

É importante ressaltar que até esse momento as regras de concessão do projeto não mudaram. Isso significa que o benefício deverá ser pago para todo trabalhador que teve ao menos 30 dias de carteira assinada em 2020 e consequentemente em 2021.

No entanto, fique atento. O tempo de serviço de cada ano difere a concessão do pagamento. Quem esteve de carteira assinada apenas em 2020 terá o direito de receber o abono referente a este ano base. Já quem exerceu o trabalho ao longo de 2021 deverá ser incluso nos pagamentos de 2022.

Ou seja, são dois cálculos distintos. Além disso, o cidadão precisa ainda:

  • Ter tido um ganho máximo dois salários mínimos por mês, durante o período em exercício
  • O trabalhador também precisa estar inscrito no PIS há pelo menos cinco anos, e a empresa deve ter informado os dados do empregado de forma correta ao governo brasileiro.

Qual o valor?

Fazendo a diferenciação entre os anos bases, cada período deve ser calculado da seguinte forma: o cidadão precisa contabilizar o tempo da jornada de trabalho e dividir de acordo com o piso nacional em vigor. Desse modo, de acordo com o atual salário mínimo de R$ 1.100, cada mês conta da seguinte forma:

Proporção (meses trabalhados) Valor
1 R$ 92,00
2 R$ 184,00
3 R$ 275,00
4 R$ 367,00
5 R$ 459,00
6 R$ 550,00
7 R$ 642,00
8 R$ 734,00
9 R$ 825,00
10 R$ 917,00
11 R$ 1.009,00
12 R$ 1.100,00

Como saber se tenho direito?

Se você está em dúvida se tem ou não o direito de receber o abono, basta fazer a consulta por meio do site da Caixa, clicando em consulta de pagamento no PIS. Ou no site do Banco do Brasil para o PASEP.

Há ainda a possibilidade de obter as informações por meio do atendimento da Caixa: 0800 726 020 e para o servidor público, pela central de atendimento: 4004-0001 (capitais e regiões metropolitanas); 0800 729 0001 (demais cidades) e 0800 729 0088 (deficientes auditivos).

PIS/PASEP 2021 vai beneficiar quem trabalhou em 2020; veja quem recebe (Foto: Fepesil/TheNews2/Folhapress)
PIS/PASEP 2021 vai beneficiar quem trabalhou em 2020; veja quem recebe (Foto: Fepesil/TheNews2/Folhapress)

Como sacar o abono PIS/PASEP?

O procedimento de retirada varia de acordo com a modalidade do cidadão. Para quem é servidor público, o valor tende a ser depositado diretamente na conta salarial vinculada ao banco do brasil.

Já para quem atua na empresa privada, é preciso ir até uma agência da Caixa, apresentando um documento oficial com foto, para fazer o saque. Em ambos os casos, os bancos recomendam que a população siga os dias de pagamento ainda não anunciados.

Para mais informações sobre o PIS/PASEP 2021/2022 acompanhe nossa página exclusiva do projeto. Por meio dela você tem acesso aos calendários, valores, regras e demais modificações concedidas pelo governo federal.

 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA