Nova carência para empréstimo do Pronampe começou a valer; confira!

Nesta segunda, 12, começou a vigorar o aumento do período de carência para os empréstimos obtidos através do Pronampe (Programa Nacional de Apoio às Microempresas). Veja detalhes.

Nova carência para empréstimo do Pronampe começou a valer; confira!
Nova carência para empréstimo do Pronampe começou a valer; confira! (Imagem FDR))

Segundo a Caixa Econômica, a carência pode aumentar em até três meses, indo de 8 para 11 meses no total. Porém, isto não muda o prazo total do contrato, explica a Caixa. 

Como pedir a ampliação da carência do Pronampe 

A solicitação pode ser realizada através do Internet Banking da Caixa

  • Vá ao espaço destinado aos contratos no Menu
  • Selecione a opção Solicitar Prorrogação de Pausa Pronampe

Pronampe

O Pronampe foi criado em maio de 2020 pelo governo federal como forma de ajudar financeiramente os pequenos negócios. Além disso, o programa tinha a intenção de manter os postos de trabalho em meio a pandemia do coronavírus. 

As empresas que aderiam ao Pronampe precisam garantir a preservação do número de funcionários e os recursos podiam ser usados para financiar a atividade empresarial, como investimentos e capital de giro para despesas operacionais.

Inicialmente, o programa possuía um prazo de 8 meses de carência e os empréstimos começariam a ser pagos no mês de março. Mas, com a prorrogação, as primeiras parcelas passam a vencer em junho. 

Considerando as três fases do programa no ano passado, foram emprestados R$ 37,5 bilhões a 517 mil empresários.

Empresários se decepcionam com condições

As condições decepcionaram os clientes que já contataram o banco para solicitar o adiamento da primeira parcela.

A dona de restaurante, Emi Otani, emprestou R$ 100 mil pelo Pronampe no Bradesco, e pagaria a primeira parcela em abril. Ela conta ao portal UOL que foi pega de surpresa com as condições do benefício: com o aumento do prazo, o valor das parcelas subiu 11%.

“A gente não sabe direito até quando vão essas restrições [da pandemia]. Pode ser que em três meses as coisas melhorem, mas e se não for assim?”, disse.

Pontos positivos do aumento de prazo de carência

Melissa Penteado, Ceo do grupo proScore, avalia que o aumento do período de carência é uma boa oportunidade para que as empresas preservem sua reputação financeira e o seu poder de negociação em meio a crise econômica.

“Se a empresa está com a sua capacidade produtiva afetada, não consegue ter a garantia de que, em três meses, vai ter faturamento suficiente para pagar a parcela [com valor maior]. Por outro lado, são três meses para impulsionar o negócio. É um tempo de manobra que pode ser muito interessante”, disse.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.