#NãoProrrogaSISU: Por que estudantes se sentem afetados por novo prazo de inscrições?

A hashtag #NãoProrrogaSISU tem sido uma das mais mencionados no Twitter nos últimos dias. Isso porque, os estudantes estão insatisfeitos com a nova proposta do Ministério da Educação (MEC) quanto à seleção e classificação no Enem por meio do SISU

#NãoProrrogaSISU: Porque estudantes se sentem afetados por novo prazo de inscrições?
#NãoProrrogaSISU: Porque estudantes se sentem afetados por novo prazo de inscrições? (Imagem: Reprodução/ Portal Nacional da Educação)

As inscrições no Sistema de Seleção Unificado (SISU) foram abertas na última terça-feira, 6. Porém, desde o ano passado o MEC decidiu modificar os critérios de seleção  dos candidatos através da nota de corte.

Antes de mais nada, é preciso explicar que a nota de corte é o resultado adquirido pelo candidato com o menor desempenho, mas que foi aprovado em cada curso.

Em anos anteriores, o sistema não tinha o costume de considerar uma segunda opção para a norte de corte, tendo em vista que a avaliação era exclusiva para a primeira opção de curso. Entretanto, o novo modelo inverteu os critérios e deixou esta regra de lado. 

Na oportunidade, o especialista em SISU, Frederico Torres, explicou que esse novo modelo resulta em uma dupla classificação. “Ou seja, um mesmo candidato ocupa temporariamente duas vagas, gerando algo como uma ‘classificação fantasma’. 

Isso ocorre, pois, ao sair o resultado, caso o candidato seja aprovado em sua primeira opção, ele desaparecerá da lista de classificados da sua segunda opção, fazendo com que outros candidatos em posições inferiores durante as prévias ganhem várias colocações no momento do resultado da chamada regular.

Em meio a todos os trâmites, o MEC também decidiu prorrogar o prazo de inscrição no SISU para a próxima quarta-feira, 14.

Entretanto, relatos de estudantes por todo o país mostraram o quanto ficaram irritados com a decisão da pasta. Uma vez que, quanto mais tempo as inscrições permanecerem abertas, mais candidatos poderão concorrer à mesma vaga, consequentemente, aumentando a nota de corte. 

Além do mais, alguns candidatos estavam confiantes e contando com a classificação. Sem contar que o calendário foi todo alterado. Agora, com o retorno ao modelo original, o aluno pré-classificado para a primeira opção de curso, não terá a nota contabilizada concomitantemente para a segunda opção. 

A previsão é para que 209.190 vagas sejam ofertadas e distribuídas em 5.685 cursos de graduação. Encerrada a etapa de inscrição, os selecionados serão anunciados na próxima sexta-feira, 16.

Estes, deverão fazer a matrícula entre o período de 19 a 23 de abril. Enquanto a lista de espera ficará vigente entre 16 a 23 de abril. 

No intuito de agilizar a seleção de maneira adequada, estudantes de todo o Brasil criaram a tag #NAOPRORROGAOSISU, que resultaram nos seguintes relatos: 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.