Fechamento das fábricas da FORD tem impacto surpreendente na Bahia

Em decorrência do fechamento da fabrica da FORD localizada em Camaçari, a produção industrial na Bahia registrou no mês de fevereiro deste ano, o maior tombo desde maio de 2020. Este resultado preocupante foi revelado ontem, 8, pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Fechamento das fábricas da FORD tem impacto surpreendente na Bahia
Fechamento das fábricas da FORD tem impacto surpreendente na Bahia (Imagem G1)

De acordo com o instituto, na passagem de janeiro para fevereiro, a indústria na Bahia teve uma queda de 5,8%. Já quando a comparação é com o mês de fevereiro do ano passado, a queda foi de 20,9%, o tombo mais vertiginoso para indústria do estado desde maio de 2020, quando a queda foi de 21,4%.

“A queda da produção de veículos e autopeças explica em grande parte esse resultado, justificado pela saída de uma montadora de automóveis da Bahia”, disse Bernardo Almeida, o gerente da pesquisa.

O fim das atividades da Ford no estado foi responsável também pelo pior resultado regional do indicador acumulado nos dois primeiros meses de 2021, também na comparação com o mesmo período do ano passado (-18%). Já no acumulado em 12 meses, a indústria da Bahia marcou queda de 9,4%.

O encerramento da produção da Ford no país causou um efeito dominó na economia da Bahia, o que acabou impactando outros setores.

Segundo a montadora, o fechamento das unidades no Brasil causou a perda de 5 mil empregos no Brasil e na Argentina, porém de acordo com o Dieese, o impacto da saída da montadora deve ser 20 vezes maior. Isto porque existe toda uma cadeia indireta ligada à produção da empresa.

Parceria da Ford com o Procon garante peças aos consumidores

O Procon de São Paulo e a Ford Motor Company, assinaram um acordo no qual a empresa se compromete a manter a assistência ao consumidor no Brasil. Com operações de venda, serviços, assistência técnica, peças de reposição e garantia para seus clientes.

O acordo abrange todo o país e fica vigente durante toda a vida útil dos veículos vendidos pela marca.

“O acordo garante a tranquilidade de quem já possui um veículo da montadora ou que venha a adquirir um. Vale destacar que o acordo é válido para todo o Brasil”, disse o diretor executivo do Procon-SP, Fernando Capez.

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.