Isenção do IPVA: Governo de Alagoas suspende pagamento para transportes de turismo

Foi autorizado pelo Governo de Alagoas, a isenção do IPVA 2021 (Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores) para veículos que pertencem a empresas de transporte turístico. Podem ser beneficiadas cerca de 550 empresas, entre transportadoras turísticas e agências de turismo com frota de veículos.

Isenção do IPVA: Governo de Alagoas suspende pagamento para tranportes de turismo
Isenção do IPVA: Governo de Alagoas suspende pagamento para transportes de turismo (Imagem FDR)

O governo identificou o número de possíveis beneficiados com base no registro do Cadastur (Cadastro Nacional de Empreendimentos do Turismo), em Alagoas.

A Procuradoria Geral do Estado já tinha dado seu parecer positivo para a medida e agora, para começar a vigorar, o governador Renan Filho vai remeter o projeto de lei para apreciação da Assembleia Legislativa.

Rafael Brito, o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, que está à frente das negociações e tratativas entre o governo de Alagoas de todo setor produtivo de Alagoas, diz que a isenção de IPVA e todas as outras medidas do pacote emergencial asseguram a manutenção dos empregos no setor.

“O turismo em Alagoas é um celeiro de empregos e oportunidades em todo o estado. O governador Renan Filho tem feito um esforço enorme para contribuir com o empresariado do setor, evitando que empresas fechem as portas e oportunidades desapareçam do mercado. Isentar o IPVA é tirar do próprio bolso e dividir a conta com o empresário. O nosso pacote emergencial é, sem dúvidas, o maior programa de medidas econômicas do Brasil atualmente. Vamos seguir juntos fazendo a diferença e superando esse momento difícil”, disse Renan.

Alejandro Velásquez, diretor da Luck Receptivo, uma das maiores empresas do ramo no estado e que conta com 25 veículos em sua frota, afirma que a medida chegou em um momento importante.

“Nossa empresa tem frota própria e por conta disso a isenção do IPVA venho no momento mais oportuno, apoiando de forma direta na manutenção e prestação dos serviços. Com a isenção do imposto, conseguimos nos manter em pé e assim evitar as demissões”, explicou.

Paulo AmorimPaulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.