Valor do Imposto de Renda: Aprenda a calcular valor a ser pago esse mês

Pontos-chave
  • O Imposto de Renda mensal é o Imposto de Renda Retido na Fonte;
  • O cálculo leva em consideração a tabela de alíquota do IR a deduzir e a tabela do INSS;
  • Este cálculo do tributo mensal é importante para possibilitar o processo de recolhimento do imposto.

Ao longo dos meses, diversos contribuintes devem estar atentos às obrigatoriedades com a Receita Federal. Para possibilitar o processo de recolhimento do Imposto de Renda, o cálculo do tributo mensal tem um papel importante. Descubra como calcular o valor do Imposto de Renda mensal.

Valor do Imposto de Renda: Aprenda a calcular valor a ser pago esse mês
Valor do Imposto de Renda: Aprenda a calcular valor a ser pago esse mês (Imagem: Montagem/FDR)

O Imposto de Renda mensal se refere ao Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF). Por deste tributo, as pessoas físicas e jurídicas podem adiantar o pagamento do IR. Este tipo de imposto costuma ser descontado das rendas vindas de vínculos empregatícios com base na CLT.

Vale destacar que nem todo profissional com carteira assinada é contribuinte do IRRF. As diretrizes de obrigatoriedade e isenção são definidas pela Receita Federal.

Para que um funcionário ou uma empresa possa saber se tem o Imposto de Renda Retido na Fonte, é importante estar atento à tabela do imposto mensal. Isto acontece porque o valor a ser recolhido tem relação com a faixa salarial.

Tabela de contribuição do Imposto de Renda mensal

De acordo com o salário, será possível descobrir qual faixa de contribuição a pessoa se encaixa:

  • Base de cálculo — Alíquota — Parcela a deduzir do IRPF 
  • Até R$ 1.903,98 — Isento — R$ 0,00
  • De R$ 1.903,99 a R$ 2.826,65 — 7,5% — R$ 142,80
  • De R$ 2.826,66 a R$ 3.751,05 — 15% — R$ 354,80
  • De R$ 3.751,06 a R$ 4.664,68 — 22,5% — R$ 636,13
  • Acima de R$ 4.664,68 — 27,5% — R$ 869,36

Por meio desta tabela, o contribuinte pode descobrir as alíquotas segundo a faixa salarial, o valor dedutível fixo e o desconto por dependente legal, segundo informado pelo blog Leoa.

Tabela do INSS

Por meio da tabela do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), é possível entender a alíquota referente a cada faixa salarial para o recolhimento do tributo. Este dado é importante para realizar o cálculo final do Imposto de Renda mensal. Descubra a tabela a partir de janeiro de 2021:

  • Salário de contribuição — Alíquota para recolhimento ao INSS
  • Até R$ 1.100,00 — 7,50%
  • De R$ 1.100,01 até R$ 2.203,48 — 9,00%
  • De R$ 2.203,49 até R$ 3.305,22 — 12,00%
  • De R$ 3.305,23 até R$ 6.433,57 — 14,00%
Os contribuintes precisam se atentar às regras estabelecidas pela Receita Federal sobre o Imposto de Renda
Os contribuintes precisam se atentar às regras estabelecidas pela Receita Federal sobre o Imposto de Renda (Imagem: Arquivo/Agência Brasil)

Como realizar o cálculo do valor do Imposto de Renda

Para efetuar o cálculo do Imposto de Renda mensal, o blog Leoa estabeleceu cinco passos. Descubra como chegar ao valor do tributo mensal:

1. Somar os vencimentos do mês

O primeiro passo para calcular o IR mensal é somar os vencimentos do mês. Será preciso encontrar o salário bruto do trabalhador. Neste tipo de cálculo, o salário bruto é usado em vez do salário líquido.

Nesta soma, são considerados, por exemplo, o salário registrado na carteira de trabalho, horas extras, adicionais e salário família.

2. Descontar o INSS do salário bruto

Ao somar todos os vencimentos mensais, de forma a encontrar o salário bruto, será preciso descontar desse resultado a contribuição previdenciária — INSS. Esta contribuição é um desconto que acontece na folha de pagamento.

Assim como o IR mensal, a contribuição previdenciária é obrigatória. Por meio da tabela de contribuição do INSS, será possível descobrir a alíquota que se enquadra ao salário. Dessa forma, o cálculo será:

  • Salário bruto x porcentagem de contribuição = valor a ser descontado do salário bruto

3. Deduzir dependentes legais do salário bruto

Ao descobrir o resultado, o passo seguinte será deduzir dependentes legais ou pensão alimentícia, se esse for o caso. O dependente legal se refere à pessoa que dependa financeiramente de quem recebe o salário.

Podem ser considerados dependentes legais, por exemplo, esposo (a), pais sem rendimentos e filhos menores de 21 anos. O valor de desconto por dependente legal no Imposto de Renda mensal é de R$ 189,59.

Outra possibilidade de dedução é quando há pagamento de pensão alimentícia para filhos menores de idade ou incapazes. Este valor pago pode ser abatido do salário bruto.

4. Aplicar a alíquota do Imposto de Renda sobre a base de cálculo

Após subtrair o INSS e outras deduções, será preciso aplicar a alíquota referente à faixa salarial sobre o salário bruto encontrado no passo anterior. Com esta base de cálculo do IRRF, basta multiplicar este valor pela porcentagem do Imposto de Renda correspondente.

5. Diminuir do valor encontrado o valor fixo da alíquota

Por fim, será necessário diminuir do valor encontrado no passo anterior, o valor fixo de dedução — segundo a tabela do IR mensal.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.