Bolsa Família cancelado! Veja critérios do governo para cortar seu salário

Pontos-chave
  • Regras de inclusão do Bolsa Família são disponibilizadas;
  • Governo proíbe cortes temporários nos salários;
  • Calendário de pagamentos em parceria com o auxílio emergencial foi divulgado.

Governo federal anuncia novos critérios de exclusão e inclusão para o Bolsa Família. Diante da concessão do auxílio emergencial 2021, os segurados do BF estão atentos a aprovação de seus cadastros. Atualmente, a permanência no projeto resulta na extensão de renda com valores de até R$ 375. Abaixo, entenda como manter seu benefício dentro das regras federais.

Bolsa Família cancelado! Veja critérios do governo para cortar seu salário (Imagem: Reprodução/Google)
Bolsa Família cancelado! Veja critérios do governo para cortar seu salário (Imagem: Reprodução/Google)

Para ser um contemplado do Bolsa Família é preciso mais do que comprovar ter uma renda mínima. O cidadão e seus dependentes devem ainda atender a uma série de obrigatoriedades que envolvem práticas educacionais e de saúde.

Uma vez aceito, há um acompanhamento mensal da frequência escolar e exames médicos da família.

Além disso, o Ministério da Cidadania exige ainda uma atualização, a cada dois anos, do cadastro já validado. Aqueles que não realizarem o procedimento ficam sujeitos a suspensão temporária ou corte total de seus salários.

Novos critérios do Bolsa Família 2021

Apesar de parecerem fixas, as regras para a permanência ou entrada no Bolsa Família são variáveis. Anualmente o governo federal vem determinando novos informes e estuda até mesmo a possibilidade de uma reforma total na pauta, após o fim do auxílio emergencial 2021.

De modo geral, neste momento, para poder ser um contemplado é preciso:

  • Ter na família, criança em idade escolar, entre 6 e 17 anos, devidamente matriculada em uma instituição de ensino;
  • Crianças da família, entre 6 a 15 anos, precisam frequentar ao menos 85% das aulas;
  • Jovens da família, de 16 a 17 anos, necessitam ter frequência de pelo menos 75%;
  • Calendário de vacinas das crianças da família, menores de sete anos, deve estar atualizado;
  • Gestantes devem comprovar a realização do pré-natal.

Cancelamento dos salários suspensos temporariamente

É importante ressaltar, no entanto, que o governo federal proibiu o corte dos salários do Bolsa Família até mesmo para quem descumprir as medidas acima.

A decisão foi anunciada na última semana e leva em consideração a atual situação de pandemia do novo coronavírus.

De acordo com o informe liberado pelo Ministério da Cidadania, ao longo dos próximos seis meses não serão realizadas as vistorias que resultam no entrave dos salários. Ou seja, até mesmo quem estiver desatualizado permanecerá sendo contemplado.

Valores Bolsa Família 2021

Para além da extensão de renda do auxílio emergencial com um teto de R$ 375, a soma do valor total do Bolsa Família leva em consideração os seguintes abonos:

  • Auxílio-creche mensal de R$ 52 por criança;
  • Prêmio anual de R$ 200 para os estudantes com os melhores desempenhos;
  • Bolsa mensal de R$ 100, mais prêmio anual de R$ 1.000, para alunos com bom desempenho nos campos de ciência e tecnologia;
  • Bolsa mensal de R$ 100, mais prêmio anual de R$ 1.000, para alunos que forem destaque em atividades desportivas;
  • Auxílio-creche no valor de R$ 200 para as mães beneficiárias do Bolsa Família.
Bolsa Família cancelado! Veja critérios do governo para cortar seu salário (Imagem: Reprodução/Google)
Bolsa Família cancelado! Veja critérios do governo para cortar seu salário (Imagem: Reprodução/Google)

Calendário de pagamento do Bolsa Família pelo auxílio emergencial

Ao todo, o grupo poderá contar com 4 parcelas vinculadas ao auxílio emergencial. A liberação passará a ser feita já no mês de abril e se estenderá até julho, nas datas abaixo:

  • Calendário de pagamento da primeira parcela do auxílio emergencial pelo Bolsa Família:
Número final do NIS Datas de pagamento
NIS 1 16 de abril de 2021
NIS 2 19 de abril de 2021
NIS 3 20 de abril de 2021
NIS 4 22 de abril de 2021
NIS 5 23 de abril de 2021
NIS 6 26 de abril de 2021
NIS 7 27 de abril de 2021
NIS 8 28 de abril de 2021
NIS 9 29 de abril de 2021
NIS 0 30 de abril de 2021
  • Calendário de pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial pelo Bolsa Família:
Número final do NIS Datas de pagamento
NIS 1 18 de maio de 2021
NIS 2 19 de maio de 2021
NIS 3 20 de maio de 2021
NIS 4 21 de maio de 2021
NIS 5 24 de maio de 2021
NIS 6 25 de maio de 2021
NIS 7 26 de maio de 2021
NIS 8 27 de maio de 2021
NIS 9 28 de maio de 2021
NIS 0 31 de maio de 2021
  • Calendário de pagamento da terceira parcela do auxílio emergencial pelo Bolsa Família:
Número final do NIS Datas de pagamento
NIS 1 17 de junho de 2021
NIS 2 18 de junho de 2021
NIS 3 21 de junho de 2021
NIS 4 22 de junho de 2021
NIS 5 23 de junho de 2021
NIS 6 24 de junho de 2021
NIS 7 25 de junho de 2021
NIS 8 28 de junho de 2021
NIS 9 29 de junho de 2021
NIS 0 30 de junho de 2021
  • Calendário de pagamento da quarta parcela do auxílio emergencial pelo Bolsa Família:
Número final do NIS Datas de pagamento
NIS 1 19 de julho de 2021
NIS 2 20 de julho de 2021
NIS 3 21 de julho de 2021
NIS 4 22 de julho de 2021
NIS 5 23 de julho de 2021
NIS 6 26 de julho de 2021
NIS 7 27 de julho de 2021
NIS 8 28 de julho de 2021
NIS 9 29 de julho de 2021
NIS 0 30 de julho de 2021

 

Eduarda AndradeEduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.