Dataprev cria portal para consultar inscrição no auxílio emergencial 2021

Governo federal cria um site para consultas do novo auxílio emergencial 2021. Ao longo das próximas semanas, a Dataprev estará fazendo o processo de triagem para selecionar os contemplados do coronavoucher deste ano. A seleção ficará disponível na internet, de modo que a população consiga, por meio do número do CPF, saber se está inclusa no pagamento.

Dataprev cria portal para consultar inclusão no auxílio emergencial 2021 (Imagem: Reprodução/Google)
Dataprev cria portal para consultar inscrição no auxílio emergencial 2021 (Imagem: Reprodução/Google)

Uma nova rodada do auxílio emergencial está prestes a começar, mas antes disso os brasileiros deverão acompanhar a triagem dos contemplados. Com os recursos reduzidos em comparação em 2020, o projeto deixará de beneficiar cerca de 65 milhões de pessoas, para ficar apenas em 45 milhões.

A equipe do Ministério da Cidadania já informou que não abrirá um novo período de cadastramento, o que significa que só poderá ser um segurado quem já estava na folha de pagamentos de 2020.

Porém, haverá ainda algumas regras excluindo aqueles que não atenderem as determinações abaixo:

  • 45,6 milhões de família/pessoas do Cadastro Único e do programa Bolsa Família receberão as parcelas;
  • A renda familiar per capita tem que ser de até meio salário mínimo (R$ 550) e a renda total tem que corresponde no máximo a três salários mínimos (R$ 3.300);
  • Só um membro da família terá direito ao benefício;
  • Ter mais de 18 anos. Exceto para mães menos de idade;
  • Não ter vínculo empregatício;
  • Não ter tido rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2019 ou rendimentos isentos acima de R$ 40 mil naquele no mesmo ano;
  • Não pode possuir bens de valor superior a R$ 300 mil fim de 2019;
  • Estão vetados os residentes médicos, multiprofissionais, beneficiários de bolsas de estudo, estagiários e similares;
  • Os cidadãos que recebem qualquer tipo de benefício previdenciário, assistencial ou trabalhista ou de transferência de renda do governo em 2020, com exceção do Bolsa Família e abono salarial, também estão vetados.

Como fazer a consulta pela internet

Para poder acompanhar a triagem, o cidadão deverá entrar no site elaborado pela Dataprev, que ainda será divulgado. Na plataforma, será preciso informar os seguintes dados: nome completo, o número do CPF, o nome da mãe e data de nascimento.

Feito isso, basta dar o ok e aguardar o processamento das informações. Para quem estiver aceito, a página informará a validação do cadastro. Já para os retirados do pagamento, haverá uma mensagem afirmando que o titular não consta no sistema do projeto.

O auxílio emergencial 2021 será concedido ao trabalhador que estava recebendo, em dezembro de 2020 e que cumpra as regras publicadas na Medida Provisória 1039”, diz o texto publicado pela Dataprev.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.