Começa o recesso escolar antecipado nas escolas estaduais de São Paulo

O recesso escolar antecipado acontece para diminuir a circulação de pessoas nas ruas da cidade de São Paulo. A ideia é fazer com que as unidades escolares permaneçam abertas, apenas para alguns serviços.

Começa o recesso escolar antecipado nas escolas estaduais de São Paulo
Começa o recesso escolar antecipado nas escolas estaduais de São Paulo (Imagem/Reprodução: Google)

Começa hoje, 17, o recesso escolar antecipado em São Paulo. A medida faz parte da nova fase que a capital do estado está no enfrentamento à Covid-19.

Recesso escolar antecipado em São Paulo

Na capital, as aulas presenciais da rede municipal devem ser retomadas após o feriado de Páscoa, em 5 de abril.

O único grupo de alunos que deve frequentar as aulas presenciais são os filhos de profissionais dos serviços essenciais (trabalhadores da saúde, segurança, assistência social e serviços funerários). Matriculados nas creches municipais, com idade entre 0 e 3 anos.

No entanto, eles são serão atendidos nas unidades em que estão matriculados e é necessário fazer um cadastro.

Nesse período de antecipação do recesso, as unidades continuam abertas, mas devem funcionar apenas administrativamente e para reparos.

Além disso, caso seja necessário algum tipo de atendimento presencial, as escolas devem organizar um esquema de segurança para receber os pais e alunos, como afirmou o secretário da Educação, Rossielli Soares.

“…se a escola precisar fazer um atendimento presencial, seja ela da rede estadual, da rede municipal, da rede privada, ela poderá fazer a atividade. Nós não estamos mudando a regra de até 35% das escolas”.

A rede estadual de ensino continua fechada para aulas presenciais até 28 de março.

Contudo, deve receber os estudantes para distribuição da merenda escolar, do chip de dados e do material didático.

Recesso escolar antecipado também na rede particular?

Diferente das redes de ensino públicas da Capital de SP, a rede particular não deseja antecipar o recesso.

A justificativa para a decisão é de que as crianças pequenas não são bem atendidas com aulas à distância e precisam do “acolhimento” da escola.

Em resposta ao pedido, a Secretaria Municipal de Educação afirmou que a escolha entre manter as aulas ou adiantar o recesso escolar cabe às escolas.

Continue bem informado, acompanhe a editoria de carreiras do FDR.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR. Jamille utiliza sua experiência na área da educação para cobrir notícias sobre cursos, vestibulares, empregos e concursos.