Quando minha empresa precisa começar o pagamento do empréstimo no Pronampe?

Nesta terça-feira (9), o governo anunciou a ampliação de 3 meses para 11 meses, no prazo de carência do Pronampe, que é o programa de crédito emergencial concedido para micro e pequenas empresas. O programa foi lançado no ano passado como uma medida de enfrentamento à crise econômica que foi gerada pela pandemia do novo coronavírus.

Quando minha empresa precisa começar o pagamento do empréstimo no Pronampe?
Quando minha empresa precisa começar o pagamento do empréstimo no Pronampe? (Foto: FDR)

Esse prazo de carência que foi estipulado inicialmente vai começar a vencer para as primeiras empresas que aderiram ao programa e a extensão do prazo é no meio de uma nova retomada da alta de casos do coronavírus no país, após várias cidades retomar medidas mais rígidas de restrição.

O prazo da linha de crédito do Pronampe é de 36 meses e de até 100% da inadimplência será coberto pelos recursos do Fundo de Garantia de Operações (FGO), que é administrado pelo Banco do Brasil e recebeu aportes do Tesouro. 

Em 2020, foram concedidos mais de 37 bilhões de reais em empréstimos por meio do programa, segundo informações do Ministério da Economia.

As empresas que desejarem ampliar a carência de seus empréstimos devem procurar a instituição financeira em que contrataram o crédito.

Quais os requisitos para contratar o Pronampe?

  • O valor mínimo de contratação é de R$ 15 mil;
  • O prazo total de financiamento é de 36 meses, com 8 meses de carência para o pagamento da primeira parcela. Vale ressaltar que se o empresário optar pela carência, ele deverá concluir o pagamento total nos 28 meses seguintes;
  • A taxa de juros é composta pela Selic acrescida de 1,25% ao ano;
  • O Fundo de Garantia de Operações (FGO) é o meio de garantia para a aprovação do financiamento. Nessa condição, o Programa FGO Pronampe honrará até 100% de cada operação contratada, ou seja, o governo é o avalista, não necessitando de fiador ou patrimônio para aprovação do crédito;
  • O governo federal estendeu a isenção do IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) até 02 de outubro, mantendo a alíquota zero sobre as operações de crédito contratadas.

Como contratar?

A contratação pode ser feita em qualquer banco pelo empresários, basta entrar em contato com o banco que deseja solicitar e fazer o pedido.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.