DPVAT Caixa: APP para solicitar indenização sem sair de casa

Os motoristas podem solicitar a sua indenização do Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT) pela internet por meio do aplicativo que foi criado pela Caixa Econômica Federal. O sistema está disponível nas lojas de app com o nome DPVAT. 

DPVAT Caixa: APP para solicitar indenização sem sair de casa
DPVAT Caixa: APP para solicitar indenização sem sair de casa (Imagem: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

O aplicativo está disponível para ser baixado nos aparelhos android e iOS, ele pode ser acessado usando o mesmo login usado em outras plataformas da Caixa.

Como solicitar indenização no app DPVAT?

  • Primeiro é necessário baixar o aplicativo;
  • Criar uma conta ou fazer login com suas credenciais da Caixa;
  • Clique em “quero solicitar minha indenização DPVAT”;
  • Informe os dados necessários e envie os documentos.

Após o pedido, ele será analisado em até 30 dias e se for aprovado, o dinheiro será depositado na sua conta do Caixa Tem, em até 30 dias.

Caso não tenha acesso a internet, o pedido pode ser feito diretamente em uma agência da Caixa. 

O que é o DPVAT?

O DPVAT é um seguro obrigatório que é pago pelos motoristas para que as despesas médicas de rede privada sejam pagas quando surgirem acidentes de trânsito.

Essa indenização pode ser liberada nos casos de atropelamento, colisão entre veículos e colisão com obstáculos físicos como poste ou muro, em apuração de culpa.

O reembolso das despesas médicas, o DPVAT indeniza nos casos de morte ou invalidez permanente dos motoristas.

Esse dinheiro é liberado pelo seguro que  abrange motoristas, passageiros ou pedestres, brasileiros ou estrangeiros, que sejam vítimas do acidente. O acordo entre Caixa e Susep não muda as regras de indenização.

Não haverá cobrança em 2021

De acordo com a Susep, não será cobrado o DPVAT em 2021, pois há recursos em caixa suficientes para a operação no próximo ano, esse dinheiro são dos valores pagos em anos anteriores e que não foram utilizados.

Nessa decisão, o seguro continua existindo, mas o motorista não vai precisar pagar o DPVAT. Com relação ao ano de 2022, ainda será tomada uma decisão pelo conselho.

Neste ano, o DPVAT teve uma redução de 68% para os carros, passando para o valor de R$5,23 e de 86% para as motos com o valor de R$12,30.

Do valor arrecadado pelo pagamento do seguro obrigatório:

  • 50% são destinados ao pagamento das indenizações;
  • 45% vão para o Ministério da Saúde (pagamento do atendimento médico de vítimas);
  • 5% vão para programas de prevenção de acidentes.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.