Zerar Pis/Cofins deve diminuir 9% no valor do diesel e 5% no gás de cozinha

Economia brasileira terá reflexo após variação em seus tributos. Nessa segunda-feira (01), o presidente Jair Bolsonaro editou um decreto onde zerou as alíquotas de PIS e Cofins. Desse modo, analistas comentam que o litro do diesel deve ficar 9% mais barato e o gás de cozinha cairá seu valor em 5%. Entenda os cálculos.

Zerar Pis/Cofins deve diminuir 9% no valor do diesel e 5% no gás de cozinha (Foto Google)

A semana foi iniciada com mudanças nos tributos brasileiros. Além de anunciar o início da rodada do IRPF 2021, o governo federal alterou também as taxações das alíquotas de PIS e Cofins que incem sobre a comercialização do óleo diesel e do gás de cozinha.

Conforme os cálculos realizados pelo Centro Brasileiro de Infraestrutura (CBIE), ambos os produtos passarão a ser vendidos com um menor preço ao longo dos próximos meses. Isso porque, a determinação do imposto reflete diretamente no fluxo de compra e venda nacional.

“Os combustíveis dependem do preço do petróleo que está subindo pela retomada mundial e do dólar. Este, por sua vez, responde também às incertezas internas criadas pela política fiscal incerta e ensaio de interferência de Bolsonaro. Apenas na última semana o dólar passou de R$ 5,40 para R$ 5,67, o suficiente para desfazer uma parcela do efeito da isenção de impostos“, explicou o economista Gesner Oliveira, sócio da consultoria GO Associados.

Valores em circulação no mercado

De acordo com os últimos levantamentos feitos pela Agência Nacional do Petróleo (ANP), entre 14 e 20 de fevereiro, o preço do litro do diesel foi de R$ 3,881 para R$ 3,523, uma redução de R$ 0,3586.

Já o gás de cozinha em seu tamanho médio de 13k deve baixar de R$ 79,820/13 kg para R$ 75,666/13kg, uma queda de R$ 4,156 por litro.

Conforme analisam os especialistas, até esse momento a redução dos preços não irá gerar um efeito direto na política econômica do governo, sendo necessário ainda a aplicação de um ajuste fiscal.

No entanto, compensando a redução dos impostos pelo PIS e Cofins, a gestão federal acaba por aumentar a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) das instituições financeiras.

Para mais informações sobre o cenário econômico brasileiro, fique de olho em nosso portal.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA