Funcionários da Caixa denunciam condições de trabalho incoerentes na pandemia

A Caixa Econômica Federal está recebendo denúncias da Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae), a Comissão Executiva dos Empregados (CEE). E de outras representações dos trabalhadores, por conta de metas incompatíveis com o contexto da pandemia da covid-19. 

Funcionários da Caixa denunciam condições de trabalho incoerentes na pandemia
Funcionários da Caixa denunciam condições de trabalho incoerentes na pandemia (Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Além disso, as entidades estão alertando para os casos de assédio moral, afrouxamento de normas de proteção à saúde dos trabalhadores e pressão para o retorno presencial, mesmo com o agravamento dos casos de contaminação pelo coronavírus em diferentes locais do país.

Na terça-feira (23), as situações foram debatidas no Seminário de Dirigentes Sindicais “Defesa da Caixa, do Brasil e da Vida”, que começou às 19 horas e foi realizado online. 

O evento contou com a participação do presidente da Fenae, Sergio Takemoto. “Não fosse o empenho dos empregados da Caixa Econômica para o pagamento do auxílio emergencial e de outros tantos benefícios sociais, 120 milhões de brasileiros não teriam conseguido sobreviver nesta crise econômica sem precedentes”, ressaltou.

A coordenadora da CEE, Fabiana Uehara Proscholdt reforçou que as metas são desumanas, fora o assédio aos trabalhadores.

Em uma rede social um trabalhador revelou que “Com pandemia e crise econômica, além da morte de colegas, a Caixa nos obriga a vender cartões, créditos, previdência e outros produtos para uma população que está sofrendo com desemprego”. 

As denúncias de assédio estão sendo feitas pelos próprios bancários, porém, muitos estão com medo das represálias, sanções administrativas, demissão por justa causa e entre outras medidas.

Na sexta-feira(19), os trabalhadores do banco se mostraram indignados com esses fatos por meio de um tuitaço.

Seminário

O seminário contou com a participação da presidenta do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região, Ivone Silva; do presidente da Federação dos Bancários de São Paulo e do Mato Grosso do Sul, Jeferson Rubens Boava; da representante eleita dos empregados no Conselho de Administração da Caixa, Rita Serrano; do presidente da Apcef/SP, Leonardo Quadros; e da presidente da Federação dos Trabalhadores em Empresas de Crédito de São Paulo, Aline Molina.

Além disso foi incluído um debate sobre “Perspectiva Econômica”, com o economista e técnico do Dieese, Sergio Lisboa; a apresentação do projeto “Covid como doença relacionada ao trabalho”; a defesa da Funcef [o fundo de pensão do banco] e o plano Saúde Caixa.

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.