Prova de vida do INSS ganha novas datas e oferece procedimento DIGITAL

Pontos-chave
  • 5,3 milhões de beneficiários deixaram de fazer a prova de vida no ano passado, sem que tivessem seus benefícios bloqueados;
  • A prova de vida é obrigatória para aprovação e continuidade de alguns benefícios;
  • INSS prorroga o prazo para obrigatoriedade da prova de vida.

A suspensão da prova de vida do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) foi novamente prorrogada por causa da pandemia do novo coronavírus. Desta forma, os segurados do órgão que precisam realizar a atividade e não conseguirem, não serão afetados. Afinal, o serviço será restabelecido de forma perfeita apenas no mês de maio.

Prova de vida do INSS ganha novas datas e oferece procedimento DIGITAL
Prova de vida do INSS ganha novas datas e oferece procedimento DIGITAL (Imagem: Google)

A decisão foi divulgada nesta terça-feira (23) pelo presidente do INSS, Leonardo Rolim. “A partir de maio, a prova de vida voltará a ser obrigatória. E isso pode ser feito também pelo celular, sem sair de casa”, detalhou Rolim. “Estamos confiantes de que a maior parte da população conseguirá fazer a prova de vida de maneira simples.”

A suspensão é válida para segurados brasileiros, independente de estarem fora ou dentro do país. Vale lembrar que a prova de vida é obrigatória para aprovação e continuidade de alguns benefícios, como auxílio doença e o Benefício por Prestação Continuada (BPC).

A solicitação destes benefícios e da prova de vida podem ser feitas através do aplicativo Meu INSS, disponível gratuitamente para os sistemas operacionais Android e iOs.

Para acessar a plataforma, deve-se realizar login com o número do Cadastro de Pessoa Física (CPF) e criar uma senha numérica de seis dígitos. Essa palavra-chave é pessoal e intransferível.

Ou seja, não deve, sob hipótese alguma, ser compartilhada com terceiros ou desconhecidos para evitar fraudes na conta ligada ao órgão, como saque indevido de benefícios.

Ainda de acordo com o presidente do INSS, 5,3 milhões de beneficiários deixaram de fazer a prova de vida no ano passado, sem que tivessem seus benefícios bloqueados, já que o serviço estava igualmente suspenso.

Prova de vida do INSS ganha novas datas e oferece procedimento DIGITAL
Prova de vida do INSS ganha novas datas e oferece procedimento DIGITAL (Imagem: Reprodução / Google)

Em paralelo à suspensão temporária da prova de vida, ocorre a ampliação do serviço por meio das plataformas digitais. Estamos falando da prova de vida por biometria. A ferramenta usa o reconhecimento dos traços do rosto para concluir a etapa do processo de identificação.

“De maneira otimista, a pandemia nos obrigou a tomar com mais rapidez medidas que já tomaríamos. A prova de vida digital traz dinâmica, segurança, praticidade e faz com que possamos ser mais objetivos e simples na prestação dos serviços. A população ganha e o setor público também ganha”, diz o secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Bruno Bianco.

Para realizá-la, o segurado deve ter recebido uma mensagem de texto ou e-mail fazendo a convocação. O usuário precisa ter biometria cadastrada na Justiça Eleitoral ou Carteira Nacional de Habilitação (CNH), além de um celular com câmera fotográfica. Caso contrário, não estará apto.

O acompanhamento da análise do serviço pode ser feito também através do aplicativo Meu INSS, sem custo e sem sair de casa. Ainda segundo Bianco, o serviço será ampliado gradativamente.

Serviços do Meu INSS:

  • Extrato de Contribuições (CNIS)
  • Extrato de Empréstimo Consignado
  • Extrato de Pagamento de Benefício
  • Declaração de Beneficiário do INSS
  • Declaração de Atividade
  • Verificação da Autenticidade de Documentos
  • Certidão de Tempo de Contribuição (CTC)
  • Solicitação de  Certidão de Inexistência de Dependentes Habilitados à Pensão por Morte
  • Extrato de Imposto de Renda
  • Calendário de Pagamento
  • Meu Cadastro
  • Declaração de Contribuinte Individual (DRSCI)
  • Cópia de processos

Idas presenciais ao INSS

O modelo convencional de atendimento do INSS é presencial. Por causa da pandemia, porém, faz-se necessário um agendamento prévio no aplicativo citado.

Na data marcada, o segurado deve comparecer à agência cumprindo as exigências do protocolo de higiene e segurança, como uso de máscara de proteção individual, distanciamento social de, no mínimo, um metro e meio entre as pessoas e higienização das mãos.

O órgão indica também que, se possível, o segurado compareça às agências sem acompanhantes para minimizar o número de pessoas no mesmo ambiente.

Também não se faz necessário chegar com grande antecedência no local para que não haja “congestionamento” e fila de espera entre os segurados.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Isabela Veríssimo
Isabela Veríssimo é jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP) com passagens por redações, desde 2016, como o Diario de Pernambuco, Jornal do Commercio e Rede Globo. Atualmente dedica-se à redação de economia do portal FDR.