Imposto de Renda 2021: Informe troca de emprego na sua declaração DESTA forma

Se em 2020 você trocou de emprego e somando o salário do trabalho atual com o anterior, ultrapassou R$28.559,70, será preciso entregar a declaração do Imposto de Renda 2021. Não existe um campo específico na declaração para informar sobre a troca de emprego, mas é preciso informar os ganhos de cada um separadamente.

Imposto de Renda 2021: Informe troca de emprego na sua declaração DESTA forma
Imposto de Renda 2021: Informe troca de emprego na sua declaração DESTA forma (Imagem: Google)

Esta matéria também é válida para os contribuintes que acumularam dois ou mais empregos no ano passado, ou para quem recebeu salário de uma empresa e atuou ao mesmo tempo como microempresário ou microempreendedor individual (MEI).

Pegue o informe de rendimentos no RH de sua empresa anterior 

Lembre-se de pegar o informe de rendimentos da empresa que está atualmente e também do emprego anterior. Contate o RH do emprego anterior e solicite o envio através do email ou combine um horário para retirar pessoalmente.

Rendimentos devem ser informados separadamente 

É preciso abrir um formulário na ficha “Rendimentos tributáveis” recebidos de pessoa jurídica”, para cada emprego ou fonte pagadora. 

Selecione a ficha, clique em “Novo” e preencha os campos com os dados da empresa. Na sequência, insira os rendimentos recebidos naquela empresa e os valores retidos na fonte de Imposto de Renda e previdência oficial (INSS).

Quando terminar, clique em “OK”. Repita o processo para cada empresa que você recebeu salário em 2020.

Empregos de dependentes também precisam ser declarados 

O procedimento também é valido para os dependentes incluídos em sua declaração que tenham emprego, estágio ou que recebem aposentadoria. Caso aconteça uma troca de emprego, ou emprego em dois lugares, insira todas as informações. 

Os rendimentos tributáveis de cada dependente precisam ser informados na aba “dependentes”, que fica no alto da ficha “Rendimentos tributáveis recebidos de pessoa jurídica”. Selecione o dependente na lista e abra uma ficha nova para cada emprego ou fonte pagadora.

Declare o emprego mesmo que tenha durado apenas um mês

É preciso declarar todas as fontes de renda tributável independente do tempo trabalhado e do valor recebido. 

Todos os rendimentos tributáveis, do titular e dos dependentes, das várias fontes pagadoras, serão somados na declaração. Deste total será descontado todas as despesas dedutíveis, como gastos com saúde e educação. 

Com base nisso é calculado o imposto devido no ano e, por fim, são considerados todos os valores de Imposto de Renda retidos ao longo de 2020 para se chegar ao resultado, de imposto a pagar ou a restituir.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.