Bolsa Família paga NIS final 3 ao 5 durante essa semana; veja como sacar

Pontos-chave
  • Novas parcelas do Bolsa Família são concedidas nesta semana;
  • Segurados passarão a receber por meio do Caixa Tem;
  • Valores dos salários devem ser corrigidos pelo Ministério da Cidadania.

Nova rodada de pagamentos do Bolsa Família permanece sendo feita ao longo desta semana. Até o próximo dia 26, a Caixa Econômica Federal estará fazendo os depósitos da população de baixa renda vinculada ao projeto. Nesse momento, os contemplados são aqueles cujo o NIS de encerra entre 3 e 5.

Bolsa Família paga NIS final 3 ao 5 durante essa semana; veja como sacar (Imagem: Reprodução/Google)
Bolsa Família paga NIS final 3 ao 5 durante essa semana; veja como sacar (Imagem: Reprodução/Google)

Mesmo sem as definições de reformulação, o Bolsa Família permanece disponível para cerca de 14 milhões de famílias brasileiras. Ao longo dos próximos dias, a Caixa estará fazendo o pagamento da segunda mensalidade de 2021 para um novo grupo de contemplados.

Neste ano, é preciso ficar atento, pois apesar da organização do calendário ainda ser determinada pelo número final do NIS, o projeto agora vem fazendo depósitos através do Caixa Tem. Isso implica dizer que parte da população receberá nas agencias da Caixa e outra parte através do aplicativo.

Calendário do Bolsa Família em fevereiro

De modo geral, as datas de recebimento devem seguir a ordem abaixo:

  • Final do NIS 1: 11 de fevereiro
  • Final do NIS 2: 12 de fevereiro
  • Final do NIS 3: 17 de fevereiro
  • Final do NIS 4: 18 de fevereiro
  • Final do NIS 5: 19 de fevereiro
  • Final do NIS 6: 22 de fevereiro
  • Final do NIS 7: 23 de fevereiro
  • Final do NIS 8: 24 de fevereiro
  • Final do NIS 9: 25 de fevereiro
  • Final do NIS 0: 26 de fevereiro

Calendário do Bolsa Família pelo Caixa Tem

No que diz respeito as alterações da forma de saque, inclusão pelo Caixa Tem vem sendo feita de forma gradativa. Nesse momento, os segurados que estão recebendo pelo app são aqueles com o NIS encerrado entre 3 e 8.

  • Beneficiários com NIS final 6, 7 e 8 passam a ser inclusos em janeiro (2,25 milhões de pessoas)
  • Beneficiários com NIS final 3, 4 e 5 estão sendo inclusos em fevereiro (2,25 milhões de pessoas)
  • Beneficiários com NIS final 1, 2 e Grupos Populacionais Tradicionais Específicos (indígenas, quilombolas, ribeirinhos, extrativistas, pescadores artesanais, comunidades tradicionais, agricultores familiares e outros) receberão pelo app a partir de março (3 milhões de pessoas)

Como sacar o Bolsa Família?

Para quem recebeu através do cartão do projeto, há quatro formas de saque:

  • Agências da Caixa;
  • Caixas eletrônicos da Caixa;
  • Casas lotéricas;
  • Comércios credenciados pela Caixa, como padarias, mercados e outros. De acordo com o Ministério da Cidadania, esses locais são identificados com a marca Caixa Aqui.

Nesse caso, basta utilizar o cartão do programa e fazer a retirada. Porém, quem estiver sem o dispositivo pode ainda solicitar a retirada apresentando um documento oficial nos guichês de atendimento da Caixa ou das Lotéricas.

Já para quem vai sacar pelo Caixa Tem, tem uma série de possibilidades. Primeiro é possível fazer uma transferência bancária para uma conta de mesma titularidade.

Além disso, o valor fica disponível ainda para utilização em compras online através do cartão de débito virtual e leitura de QR Code. Por fim, há também a chance de retirada em qualquer caixa citado acima utilizando o cartão do projeto.

Bolsa Família paga NIS final 3 ao 5 durante essa semana; veja como sacar (Imagem: Reprodução/Google)
Bolsa Família paga NIS final 3 ao 5 durante essa semana; veja como sacar (Imagem: Reprodução/Google)

Valores do Bolsa Família 2021

Por enquanto, o pagamento permanece apresentando a quantia básica de R$ 190. O governo federal vem trabalhando a possibilidade de um reajuste para R$ 200, criando ainda novos benefícios responsáveis por incrementar a renda da população.

Para definir a parcela exata de cada segurado, o Ministério da Cidadania vem levando em consideração os critérios de inclusão de renda mínima de R$ 89 por segurado, avaliando ainda a quantidade de dependentes, presença de estudantes, recém nascidos e mais.

  • Benefício Básico: Ofertado apenas para as famílias em extrema pobreza. O valor é de R$ 89,00 mensais.
  • Variável:O bolsa família variável é voltado tanto para as famílias pobres quanto às extremamente pobres. Para ter direito, é necessário que a família tenha uma mulher gestante ou em período de amamentação. Também são beneficiadas as crianças até 15 anos. O valor do bolsa família variável é de R$ 41,00, podendo chegar a até R$ 205,00 se forem acumulados 5 benefícios.
  • Variável jovem: Contempla famílias com jovens entre 16 e 17 anos. O valor do bolsa família Variável Jovem é de R$ 48,00 mensais. Porém, as famílias com mais de um adolescente podem acumular até 2 benefícios. Isso significa que o valor pode chegar a R$ 96,00.
  • Benefício para Superação da Extrema Pobreza (BSP):Não apresenta valor fixo. Ele tem o objetivo de ajudar as famílias de extrema pobreza a saírem desta situação. Por isso, o valor é calculado de acordo com cada caso, considerando as necessidades de cada caso. Na prática, ele pode ser acumulado com outros valores já recebidos no bolsa família. Ou seja, ele funciona como um benefício “extra” para famílias em situações mais delicadas.

Eduarda AndradeEduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.