ENEM 2020: TUDO sobre a aplicação da primeira fase da principal prova do país

O último domingo foi marcado pela aplicação das primeiras provas do ENEM 2020. O exame marcou mais de 50% de abstenções e se mostrou um desafio para os estudantes.

ENEM 2020: TUDO sobre a aplicação da primeira fase da principal prova do país
ENEM 2020: TUDO sobre a aplicação da primeira fase da principal prova do país (Imagem/Reprodução: Google)

Com mais de 5 milhões de inscritos, o ENEM 2020 apresentou uma das maiores abstenções (não participação) de todas as edições, foram 51%.

Candidatos barrados no ENEM 2020

A aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio movimentou as redes sociais em todo o país.

Alguns estudantes usaram as plataformas digitais para comentar o fato de terem sido barrados e impedidos de participarem das provas.

Todos os anos vemos aquelas cenas de estudantes chegando atrasados e perdendo a aplicação das provas. Mas em 2020 o cenário foi realmente outro.

Diversos estudantes relataram que chegaram nos locais de prova dentro do prazo, mas foram orientados a retornarem para suas casas.

A justificativa dos fiscais foi a superlotação das salas de aula. Na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), por exemplo, houve filas e os estudante que foram impedidos de participar tiveram seus nomes registrados.

Há relatos também em outros estados do Sul do país. Vale lembrar que há semanas no INEP tem afirmado ter contratado um número maior de salas de aula para diminuir o número de candidatos em cada uma.

Tema da redação ENEM 2020

O tema desse ano foi “o estigma associado às doenças mentais na sociedade brasileira”.

Saúde mental já era algo comentado pelos professores da área há algum tempo. Em tempos de pandemia, o tema pôde ser muito explorado pelos estudantes, que deveriam também responder às questões de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, e Ciências Humanas e suas Tecnologias.

Balanço do INEP sobre o primeiro dia do ENEM 2020

Após o primeiro dia de provas, o INEP e o Ministro da Educação concederam uma entrevista em que fizeram um balanço da aplicação do exame.

Para o ministro da Educação, Milton Ribeiro, a realização do exame durante a pandemia é uma vitória para os estudantes.

Para o ministro, a não aplicação do exame seria “uma derrota da educação brasileira”.

Alexandre Lopes, presidente do INEP, falou novamente sobre a replicação da prova para aqueles candidatos que estejam com comprovação ou suspeita de COVID-19. Nesse caso, o candidato deve acessar a página no participante e enviar os documentos que comprovem a condição.

Essa reaplicação também deve acontecer para o estado do Amazonas e dois municípios de Rondônia.

Continue bem informado, siga acompanhando a editoria de Carreiras do FDR.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR. Jamille utiliza sua experiência na área da educação para cobrir notícias sobre cursos, vestibulares, empregos e concursos.