Concurso público vai abrir 3,4 MIL vagas de emprego no Rio Grande do Sul

O Governo do Estado do Rio Grande do Sul anunciou, na última quinta-feira (14), a abertura do concurso público para o preenchimento de 3.429 vagas. São 1.500 vagas para professores e 948 para a secretaria da Saúde, entre especialistas e técnicos da área.

Concurso público vai abrir 3,4 MIL vagas de emprego no Rio Grande do Sul
Concurso público vai abrir 3,4 MIL vagas de emprego no Rio Grande do Sul (Imagem: Reprodução/Google)

O Governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), anunciou a autorização para a realização de novos concursos públicos no estado.

Além disso, aproveitou a entrevista coletiva para divulgar 259 nomeações para as secretarias da Fazenda e do Planejamento, Governança e Gestão.

Os novos concursos e as nomeações foram autorizados pelo Grupo de Assessoramento Especial (GAE). A ideia do governo estadual é que os novos gastos sejam distribuídos ao longo dos próximos anos.

A convocação dos aprovados serão na medida das necessidades do estado e da situação financeira. Por esse motivo, a expectativa é que as nomeações ocorram até 2022 para não afetar ainda mais a situação fiscal do estado.

“A situação fiscal delicada do Rio Grande do Sul e a crise que enfrentamos neste momento exigem que essas decisões sejam avaliadas com senso de urgência, responsabilidade fiscal e planejamento de longo prazo para que o poder público siga em condições de cumprir sua missão”, complementou Leite.

Segundo o executivo, a quantidade de vagas disponibilizadas só corresponde a 1% dos vínculos totais e a 2,5% dos vínculos ativos atuais. A ideia é repor o quadro em serviços essenciais aos gaúchos, principalmente na área da saúde.

Dessa maneira, a decisão é cautelosa, diante da situação econômica do estado e de todo o país. O intuito é substituir os contratos realizados a partir de seleções válidas para recompor o quadro de funcionários efetivos e permanentes.

Por esse motivo, a prioridade são os profissionais da saúde e da educação. O governador afirmou que o objetivo do estado é melhorar os serviços prestados aos gaúchos e, assim, melhorar a vida dos cidadãos.

E completou dizendo que o estado não poupa esforços para oferecer o melhor na saúde, educação, segurança e as demais áreas que dependem dos serviços públicos. Por esse motivo, pretende realizar novos concursos e nomeações.

Essa medida é possível, já que os novos concursados ingressarão no novo regime previdenciário e todos os servidores irão para o Fundoprev Civil, ou seja, para o fundo de capitalização com aposentadorias limitadas ao teto do INSS.

Glaucia AlvesGlaucia Alves
Gláucia Alves, formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Foi professora por 7 anos. Esse ano começou a trabalhar como redatora e como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR e realiza consultoria de redação on-line.