Banco do Brasil fecha 112 agências no Brasil; como correntistas serão prejudicados?

O Banco do Brasil comunicou ao mercado nesta segunda, 11, que aprovou um plano de reorganização para ganhos de eficiência operacional, que inclui, entre outras medidas, o fechamento de 112 agências bancárias e da criação de um Programa de Adequação de Quadros (PAQ) e de um Programa de Desligamento Extraordinário (PDE).

Banco do Brasil fecha 112 agências no Brasil; como correntistas serão prejudicados?
Banco do Brasil fecha 112 agências no Brasil; como correntistas serão prejudicados? (Imagem: Sérgio Lima/Poder360)

De acordo com o BB, todas as medidas deste plano devem ser colocadas em prática ainda no primeiro semestre de 2021.

Este plano de reorganização quer promover um ganho de eficiência e otimização em 870 pontos de atendimento espalhados pelo Brasil, com a desativação de 361 unidades (112 agências, sete escritórios e 242 postos de atendimento), a transformação de 243 agências em postos de atendimento e oito postos de atendimento em agências.

O plano também contém a transformação de 145 unidades de negócios em Lojas BB, que não possuem guichês de caixa, relocalização compartilhada de 85 unidades de negócios e criação de 28 unidades de negócios (14 agências especializadas agro e 14 escritórios leve digital).

Em um comunicado, o Banco do Brasil diz que “a reorganização da rede de atendimento objetiva a sua adequação ao novo perfil e comportamento dos clientes e compreende, além das medidas de otimização de estrutura descritas acima, outros movimentos de revisão e redimensionamento nas diretorias, áreas de apoio e rede, privilegiando a especialização do atendimento e a ampliação da oferta de soluções digitais”.

Por ano, a economia liquida que será gerada por esse plano será de R$353 milhões em 2021 e até R$2,7 bilhões até 2025.

O BB também aprovou um Programa de Adequação de Quadros (PAQ) para aprimorar a distribuição das equipes de trabalho, resolvendo as situações de vagas e excessos em suas unidades, e um Programa de Desligamento Extraordinário (PDE), que está disponível a todos os funcionários da instituição que se encaixarem nos pré-requisitos.

“A estimativa do BB é que cerca de 5 mil funcionários venham a aderir aos dois programas de desligamento“, explicou o Banco do Brasil.

Como os correntistas serão afetados com as demissões no BB

Todos aqueles que necessitam da ajuda do banco presencialmente, por meio de atendimento em agências, por exemplo, devem sentir os impactos das demissões. Isso porque, diminuirão os números de funcionários para atendimento.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA