Inscrições do ENCCEJA começam segunda (11); quem pode participar do exame?

O Encceja (Exame Nacional Para Certificação de Competências de Jovens e Adultos) 2020/2021 é um exame aplicado pelo Inep como forma de concluir o ensino médio para quem não conseguiu terminar no tempo adequado. As inscrições para esta edição começam na próxima segunda, 11.

Inscrições do ENCCEJA começam segunda (11); quem pode participar do exame? (Imagem: Google)

Inscrição no Encceja 2020/2021

As inscrições para o exame começam hoje, segunda, às 10h da manhã e terminam às 23h59 do dia 22 de janeiro. Todo o processo de inscrição é feito através do site do Encceja.

Para acompanhar sua inscrição acesse este link

Quem pode participar do Encceja

A prova é elaborada para as pessoas que não conseguiram concluir o Ensino Fundamental e Médio no tempo adequado. A idade é um requisito obrigatório.

Para requerer a Certificação do Ensino Médio, não é obrigatória a conclusão do Ensino Fundamental. A participação no Encceja Nacional 2020 é voluntária, gratuita.

  • Ensino Fundamental

É necessária uma idade mínima de 15 anos completos na data de realização do exame.

  • Ensino Médio

Idade mínima de 18 anos completos na data de realização do exame.

Provas do ENCCEJA 2020

A aplicação das provas para o ensino fundamental e médio será no dia 25 de abril de 2021 em todos os estados e no Distrito Federal. A realização do exame é de responsabilidade do Inep, desde 2002, em parceria com as secretarias estaduais e municipais de Educação.

Certificado e Declaração de Proficiência

A emissão do certificado e da declaração de proficiência fica a cargo das secretarias de Educação e dos institutos federais de Educação, Ciência e Tecnologia que firmam Termo de Adesão ao Encceja.

Alta abstenção atingiu ultima edição do Encceja

Na última edição, mais da metade dos inscritos não compareceram e deixaram de fazer a prova. Em comparação com a edição de 2018, houve um aumento de 75% nas inscrições em 2019. Isto representa ceca de 2.973.375 inscrições.

As faltas equivalem a uma média de R$100 milhões de gastos públicos perdidos. As provas são impressas e jogadas fora. Alexandre ressalta então a importância do Encceja e pede que os inscritos tenham responsabilidade e compareçam aos locais de aplicação.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.