Como fazer a inscrição online no PROUNI 2021? Passo a passo completo!

Começam amanhã (12) as inscrições para o PROUNI 2021. O Programa Universidade Para Todos deve conceder 162.022 bolsas, ao todo, que vão de 50% a 100%. Sendo 76.855 integrais e 85.167 parciais.

Como fazer a inscrição online no PROUNI 2021? Passo a passo completo!
Como fazer a inscrição online no PROUNI 2021? Passo a passo completo! (Imagem/Reprodução: Google)
publicidade

Mesmo antes da abertura das inscrições, já é possível consultar às vagas que estarão disponíveis amanhã. Basta que o candidato acesse ao site Prouni Aluno.

Passo a passo da inscrição PROUNI 2021

O passo inicial é acessar ao site do Programa Universidade Para Todos e clicar em “Fazer a inscrição”.

Logo após, uma nova página será carregada onde o participante deve inserir seu CPF, número de inscrição e Senha do Enem de 2019.

Com os dados inseridos, as informações do participante aparecerão na tela, caso haja divergência entre elas é necessário fazer a correção.

Com as informações pessoais confirmadas, o estudante deverá responder ao questionário socioeconômico.

A intenção com as respostas é conhecer melhor o público que faz parte do processo seletivo e conferir se ele se adequa as condições estabelecidas. O último passo é a escolha de dois cursos que o estudante pretende ingressar.

Assim como na consulta de vagas, durante a inscrição os estudantes podem fazer a busca por curso, por cidade ou por instituição. Lembrando também que, entanto o período de inscrições estiver aberto, os candidatos poderão fazer a troca de curso.

Além de escolher o curso, é necessário selecionar o tipo de bolsa em que o candidato se enquadra, se cotas ou ampla concorrência. Têm direito as cotas os estudantes negros, que possuem deficiência, ou indígenas.

Quem pode participar do PROUNI 2021?

O Prouni 2021 deve conceder bolsas de estudos parciais ou integrais. Os requisitos gerais para participação no programa são:

  • Ter feito todo o ensino médio da rede pública ou como bolsista integral em escola particular;
  • Ter renda familiar entre 1,5 salário mínimo e 3 salários mínimos por pessoa;
  • Ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio em sua versão mais recente, nesse caso a de 2019;
  • Não ter zerado a redação;
  • Ter atingido acima de 450 pontos de média geral.

Também podem participa professores da rede pública (para eles o critério de renda econômica não se aplica), nesse caso apenas para os cursos de licenciatura e pessoas com deficiência (PcD).

Continue bem informado, acompanhe a editoria de Carreiras do FDR.

Jamille NovaesJamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha com professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR.