Auxílio emergencial libera NOVOS saques a partir da próxima semana; veja se foi incluso

Pontos-chave
  • Caixa inicia pagamento de nova rodada do auxílio emergencial;
  • Segurados poderão sacar os valores depositados em suas conta digitais;
  • Programa poderá ser prolongado ao longo de 2021.

Novos calendários de pagamento do auxílio emergencial são iniciados. Nessa semana, a Caixa Econômica Federal passou a liberar o saque de milhares de brasileiros que tinham sido contemplados pelo coronavoucher na poupança digital. A previsão é que o programa seja encerrado até o próximo dia 27.

Auxílio emergencial libera NOVOS saques a partir da próxima semana; veja se foi incluso (Imagem: Reprodução/Google)
Auxílio emergencial libera NOVOS saques a partir da próxima semana; veja se foi incluso (Imagem: Reprodução/Google)

Têm direito aos pagamentos do auxílio emergencial no mês de janeiro os brasileiros que estavam enquadrados nos ciclos 5 e 6. Para esse grupo, o benefício tinha sido enviado para a poupança digital do Caixa Tem em meados do mês de dezembro, ficando agora disponível para saque.

Dessa forma, é válido reforçar que não se trata de um novo depósito feito pelo governo. Os valores que estarão sendo retirados até o fim do mês, com parcelas entre R$ 300 e R$ 600, já tinham sido repassados pela Caixa e agora estão apenas disponíveis para o uso em espécie.

Isso significa ainda que os contemplados já estavam tendo acesso ao benefício, podendo utiliza-lo através do aplicativo Caixa Tem. No entanto, com o fim do cronograma de saques, deverá ser encerrado temporariamente o programa.

Calendário de saques do auxílio emergencial para o ciclo 5 e 6

A organização dos saques permanece sendo feita de acordo com as datas de nascimento dos segurados. Para poder fazer a retirada, basta ir até uma agência Caixa ou então, por meio do Caixa Tem, transferindo o benefício para uma outra conta bancária de mesma titularidade.

  • Nascidos em março: 4 de janeiro de 2021
  • Nascidos em abril: 6 de janeiro de 2021
  • Nascidos em maio: 11 de janeiro de 2021
  • Nascidos junho: 13 de janeiro de 2021
  • Nascidos julho: 15 de janeiro de 2021
  • Nascidos agosto: 18 de janeiro de 2021
  • Nascidos setembro: 20 de janeiro de 2021
  • Nascidos outubro: 22 de janeiro de 2021
  • Nascidos novembro: 25 de janeiro de 2021
  • Nascidos dezembro: 27 de janeiro de 2021
Auxílio emergencial libera NOVOS saques a partir da próxima semana; veja se foi incluso (Imagem: Reprodução/Google)
Auxílio emergencial libera NOVOS saques a partir da próxima semana; veja se foi incluso (Imagem: Reprodução/Google)

Prorrogação do auxílio emergencial

Diante do fim do programa, há ainda suposições sobre a possibilidade de extensão. Até o momento não se têm uma certeza de o auxílio será definitivamente cancelado ou não, tendo em vista o clima de instabilidade do governo.

Segundo o texto da Medida Provisória 1.000, “Fica instituído, até 31 de dezembro de 2020, o auxílio emergencial residual a ser pago em até quatro parcelas mensais no valor de R$ 300,00 (trezentos reais) ao trabalhador beneficiário do auxílio emergencial”.

No entanto, enquanto o presidente Jair Bolsonaro desaprova a proposta e afirma que não irá autorizar mais uma manutenção dessa parta. O ministro da economia, Paulo Guedes, reforça não descartar a possibilidade de um novo cronograma.

Segundo fontes administrativas, se mantido, o benefício só voltará a ser concedido de abril em adiante. A ideia é que o governo passe a contabilizar os efeitos econômicos mediante a suspensão do pagamento e assim defina se irá retomar ou não o projeto.

Há ainda especulações de que a nova etapa do auxílio conte com o número menor de contemplados.

Porém, de acordo com Bolsonaro, o que será feito é uma transferência daqueles mais necessitados para a folha de pagamento do Bolsa Família.

“Qual país do mundo fez auxílio emergencial? Parecido foi nos Estados Unidos. Aqui alguns querem torná-lo definitivo. Foram quase 68 milhões de pessoas. No começo, foram R$ 600. Vamos pagar para todo mundo R$ 5 mil por mês, ninguém trabalha mais, fica em casa”, informou o presidente.

Impactos da suspensão do programa

Caso o auxílio emergencial seja efetivamente cancelado, o país deverá ter cerca de 1 milhão de pessoas a mais em situação de pobreza e extrema pobreza.

Além disso, espera-se uma redução no desenvolvimento do PIB, tendo em vista que parte significativa da população estará perdendo seu poder de compra e venda.

Na Câmara dos Deputados, a permanência do projeto vem sendo considerada como uma pauta prioritária. A expectativa é que após a eleição do novo presidente na casa, a proposta passe a ser avaliada para garantir uma maior estabilidade econômica nacional.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.