Governo divulga NOVO valor pré aprovado para salário mínimo 2021

O Ministério da Economia atualizou sua previsão para o salário mínimo que passará a valer no próximo ano, de acordo com a proposta de alteração na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) enviada ao Congresso na manhã de hoje,15. O valor que estava previsto de R$1.067 subiu! O novo valor previsto para o salário mínimo 2021 é R$1.088

salário mínimo 2021
Governo divulga NOVO valor pré aprovado para salário mínimo 2021 (Imagem Google)

O aumento no valor estimado para o salário mínimo acontece em decorrência do aumento na inflação nos últimos meses.

Por isso, a equipe econômica revisou para cima, em novembro, a previsão para INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), que é a base do governo para correção do salário mínimo todos os anos.

O salário mínimo atualmente está em R$1.045. Considerando a nova previsão de aumento no ano que vem, os trabalhadores vão receber R$ 43,00 a mais. Na projeção realizada em agosto, o aumento seria menor resultando em R$1.067.

O salário mínimo é a referência para 49 milhões de trabalhadores no Brasil, segundo a Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos).

A depender das projeções de inflação para 2020, o valor do salário mínimo pode ser alterado ainda este ano antes de começar a vigorar.

De acordo com a Constituição, o salário mínimo precisa ter o valor corrigido, ao menos, segundo a variação do INPC do ano anterior.

Sem aumento real do salário mínimo 2021

O projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) que foi remetida este ano pelo governo ao Congresso, a correção do salário mínimo acontecerá somente pela inflação, baseada na estimativa do INPC.

Sendo assim, não acontecerá “ganho real”, fazendo com que o poder de compra fique inalterado. Isto já aconteceu no último reajuste feito pela equipe econômica baseado na inflação de 2019.

Contas públicas

Quando um reajuste maior para o salário mínimo é concedido, o governo federal também tem um aumento nos gastos. O motivo é que os benefícios da previdência não podem ter valor inferior ao do salário mínimo.

De acordo com cálculos do governo, a cada R$ 1 de aumento do salário mínimo cria-se uma despesa em 2020 de aproximadamente R$ 343 milhões.

Segundo os cálculos do governo, a cada R$ 1 de aumento do salário mínimo cria-se uma despesa neste ano de cerca de R$ 343 milhões.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA