Tesouro prefixado e CDB prefixado: Qual melhor forma de investimento?

Como forma de aumentar os lucros, muitos buscam realizar algum investimento. No entanto, diante de diversas opções disponíveis, é comum ter dúvidas sobre cada tipo. Para quem busca aplicações com menos possibilidade de risco, poderá Tesouro prefixado e CDB prefixado. Entenda mais sobre essas formas de investimento.

publicidade
Tesouro prefixado e CDB prefixado: Qual melhor forma de investimento?
Tesouro prefixado e CDB prefixado: Qual melhor forma de investimento? (Imagem: Lukas/Pexels)

Tesouro prefixado

O Tesouro prefixado, como o próprio nome sugere, possui a taxa de juros definida no momento da compra. Sendo assim, o investidor terá uma ideia de quanto receberá no vencimento do título. A maior indicação será para investimento de médio e longo prazo.

O funcionamento ocorre por meio do empréstimo de dinheiro ao Governo Federal, que terá como bonificação os juros ou correção monetária. O Tesouro prefixado é um dos mais seguros no país. Ele possui grande variedade de vencimentos para negociação no Tesouro Direto.

publicidade

Este título apresenta baixo risco, com a possibilidade rentabilidade maior que a poupança. Por conta disso, a pessoa deve esperar até o fim do prazo estabelecido para ter acesso ao benefício estabelecido. Essa forma de investimento ter maior acessibilidade, com o baixo valor mínimo de aplicação.

CDB prefixado

O Certificado de Depósito Bancário é um título de renda fixa, que permite saber a rentabilidade a ser ganha no momento do resgate. O empréstimo é direcionado a uma instituição financeira.

Cabe destacar que rendimento varia conforme a instituição. Sendo assim, o investidor deve analisar previamente para decidir pela melhor opção. Quanto maior o prazo do CDB, maior será o pagamento. Os resultados mais consideráveis podem ser vistos por períodos acima de um ano.

Por ser coberto pelo Fundo Garantidor de Crédito, proporciona garantia de ressarcimento do valor. Neste caso, o limite do fundo é de R$ 250 mil por CPF e instituição financeira. Com relação à tributação, os títulos possuem impacto decrescente do Imposto de Renda.

Sendo assim, antes de considerar qual a melhor opção, o investidor precisa conhecer o próprio perfil — conservador, moderado ou arrojado. Caso tenha um perfil mais conservador ou esteja iniciando na área de investimento, o Tesouro prefixado pode ser uma forma de aplicar e ganhar mais experiência.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.