DUAS atitudes usando seu celular que podem travar o Caixa TEM e auxílio emergencial

O aplicativo Caixa TEM pode ser bloqueado devido ao mau uso do celular. Com isso, o pagamento do auxílio emergencial pode ser interrompido. Veja como evitar esses problemas neste post.

DUAS atitudes usando seu celular que podem travar o Caixa TEM e auxílio emergencial
DUAS atitudes usando seu celular que podem travar o Caixa TEM e auxílio emergencial (Imagem: Reprodução/Google)

Os usuários que utilizam o celular para realizar mais de um acesso na conta do Caixa TEM podem ser surpreendidos ao ter o bloqueio do app do banco. Com isso, os beneficiários ficam sem receber o auxílio emergencial e os demais programas sociais do governo.

Esse bloqueio é feito para a segurança dos beneficiários. É importante destacar que o aplicativo só aceita uma conta por número de celular e até duas contas por telefone.

Por esse motivo, caso o aplicativo seja bloqueado, é necessário ir até uma agência da Caixa e solicitar o desbloqueio. Segundo o banco, o desbloqueio é feito de forma imediata.

Porém, muitos cidadãos que tiveram o bloqueio do aplicativo reclamam na demora para o atendimento, sendo necessário ficar muito tempo em fila de espera, correndo o risco de contaminação pelo Covid-19.

Auxílio emergencial

O benefício criado para ajudar os brasileiros em situação de vulnerabilidade econômica diante da pandemia de Covid-19 é depositado na conta Poupança Social Digital. Dessa maneira, é possível consultar o benefício através do app Caixa TEM.

Com o depósito em conta, os beneficiários conseguem fazer compras e pagamentos usando o Cartão de Débito Virtual disponível no app.

Além disso, conseguem fazer a transferência bancária diretamente no aplicativo para qualquer banco sem nenhuma cobrança de taxa. Esse aplicativo não funciona para os beneficiários do Bolsa Família.

Caixa TEM

Diante da pandemia, a Caixa criou o app em abril para facilitar a consulta dos benefícios e a realização de serviços online. Com o Caixa TEM é possível consultar a situação e o saldo dos seguintes benefícios: auxílio emergencial, FGTS emergencial, seguro desemprego, abono salarial (PIS/Pasep) e o Benefício Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda (BEm) para empregados intermitentes.

Além disso, permite outros serviços, como o saque sem cartão, transferência bancária (para qualquer banco e de graça), pagamento com o PIX, pagamento na maquininha feito por meio do QR Code, compras e pagamentos pelo cartão de Débito Virtual.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves é formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Atuou na área acadêmica durante 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, onde já acumula anos de pesquisa e experiência. Além de realizar consultoria de redação on-line.