Auxílio de R$100 da prefeitura de São Paulo começa pagamento nesta quarta-feira; QUEM recebe?

Pontos-chave
  • A prefeitura de São Paulo vai pagar um auxílio de R$100 aos mais vulneráveis;
  • Vão receber os beneficiários do Bolsa Família, e camelôs;
  • O pagamento será feito por 3 meses.

A prefeitura de São Paulo informou que cerca de 480 mil famílias vão receber o pagamento único referente às parcelas de outubro, novembro e dezembro deste ano do Renda Básica Emergencial.

Auxílio de R$100 da prefeitura de São Paulo começa pagamento nesta quarta-feira; QUEM recebe?
Auxílio de R$100 da prefeitura de São Paulo começa pagamento nesta quarta-feira; QUEM recebe? (Foto: Google)

Esse benefício foi aprovado pelo prefeito Bruno Covas (PSDB) por conta da pandemia do novo coronavírus. Cada uma das parcelas será paga no valor de R$100 por mês.

O calendário para a realização do pagamento foi elaborado seguindo o final do número do NIS. O pagamento vai ser feito nas contas dos beneficiários na Caixa Econômica Federal.

As pessoas com deficiência, independente da sua idade, vão receber o benefício no valor de R$200 por mês, mas não vale para aqueles que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC). 

Calendário do auxílio de São Paulo 

  • Final do NIS 1 e 2- 09/12 
  • Final do NIS 3 e 4 – 10/12 
  • Final do NIS 5 e 6 – 11/12 
  • Final do NIS 7 e 8 – 14/12 
  • Final do NIS 9 e 0 – 15/12

A partir desta quarta-feira (9) vai ser possível consultar a situação do benefício por meio da Central e do Portal 156.

Benefício

Auxílio de R$100 da prefeitura de São Paulo começa pagamento nesta quarta-feira; QUEM recebe?
Auxílio de R$100 da prefeitura de São Paulo começa pagamento nesta quarta-feira; QUEM recebe? (Imagem: Marcello Casal Jr./Agência Brasil)

O benefício será pago para quem vive em situação de vulnerabilidade que estão inscritas no Bolsa Família até o mês de setembro deste ano, e para às famílias dos trabalhadores ambulantes do comércio informal que se enquadrem nos critérios do Bolsa Família. 

Desde que possuam Termo de Permissão de Uso (TPU) vigente ou que estão cadastrados no sistema “Tô Legal!” para o comércio ou prestação de serviços ambulantes.

O responsável pela família deve possuir Conta Fácil, Conta Poupança Fácil ou Poupança na Caixa receberá o benefício nesta conta.

Aqueles que não possuem conta na Caixa, a prefeitura vai fazer a abertura de uma Conta Poupança Social Digital. 

Com isso, será possível que os beneficiários recebam pelo aplicativo do “Caixa Tem” em um celular que tenha acesso à internet. 

Os beneficiários que não tiverem acesso à internet poderão sacar o seu benefício em uma agência, para isso é preciso apresentar um documento de identificação válido com foto, respeitando o calendário. 

A prefeitura destacou ainda que é preciso que os beneficiários compareçam até um dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), postos do Descomplica SP ou agências da Caixa para realizar cadastros ou solicitar a abertura de sua conta.

Aqueles que possuem dúvida podem entrar em contato nos canais de atendimento ao cidadão são: o site da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, e a Central 156.

O benefício é limitado para até três pessoas por família. Apesar disso, nos casos de famílias que tenham um dos genitores responsáveis pelo lar com os dependentes menores de 18 anos, o valor pago da mãe ou do pai responsável será no valor de R$200.

De acordo com os vereadores, as despesas para o município serão de cerca de R$ 300 milhões com o projeto.

O projeto é de autoria do vereador Eduardo Suplicy (PT), um dos defensores do programa de renda básica. 

O prazo do programa tem prazo máximo de dois anos e pode ser prorrogado por meio de avaliação. 

Aviso por SMS e carta 

Segundo a Coordenação de Gestão de Benefícios (CGB) de São Paulo, os cerca de 428.142 cidadãos vão receber um SMS nesta quarta-feira (9) com a mensagem informando quando será feito o pagamento do benefício.

As mensagens devem ser enviadas no mesmo dia em que o pagamento vai cair na conta do cidadão.

Cerca de 52.004 pessoas que não possuem cadastro de celular receberão uma carta pelo correio. 

Aqueles que não tiveram as suas contas abertas automaticamente são de pessoas com documentação ou CPF irregulares ou alguma informação incompleta no cadastro. 

Nesses casos, a Prefeitura informou que em conjunto com a Caixa, está tomando “as ações necessárias para que essas contas sejam abertas o mais breve possível.”.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.