Rio de Janeiro suspende aulas presenciais a partir desta segunda-feira (7)

Após aumento expressivo no número de casos de Covid-19 no Rio de Janeiro, o governo municipal e estadual decidiu pela suspensão das aulas presenciais em todo o estado. A medida visa minimizar as aglomerações que vêm acontecendo.

Rio de Janeiro suspende aulas presenciais a partir desta segunda-feira (7)
Rio de Janeiro suspende aulas presenciais a partir desta segunda-feira (7) (Imagem/Reprodução: Google)

Só no último sábado, 5, o Rio de Janeiro registrou 82 mortes e 2.626 novos casos. Hoje a lotação das UTI’s está em 83% e 219 pacientes esperam por vagas.

De um modo geral, o número de casos tem aumentado no estado há 8 dias seguidos.

Foi exatamente esse quadro que levou o governo a recuar e suspender as aulas presenciais em todo o estado.

Aulas presenciais suspensas

No último dia 4, O governador em exercício do Rio, Cláudio Castro, e o prefeito Marcelo Crivella, anunciaram a decisão de suspender as aulas presencias em todo o estado.

O principal motivo é reduzir as aglomerações que a grande demanda de estudantes acaba causando no transporte público.

Além disso, os shoppings também estão autorizados a funcionar por 24 horas, assim os clientes terão um tempo maior de compras nessa época de final de ano e as aglomerações tendem a diminuir.

Fases no Rio de Janeiro

No final do mês de novembro vimos o governador em exercício do Rio, Cláudio Castro suspendendo as aulas presenciais em 11 cidades cariocas. A medida havia sido tomada por conta do aumento dos casos.

Naquele momento, os municípios de:

Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Angra dos Reis, Duque de Caxias, Magé, Mesquita, Nilópolis, Nova Iguaçu, Porto Real e Seropédica deixaram de oferecer aulas presencias e retomaram o ensino remoto.

Niterói, São Gonçalo e Itaboraí passaram para a bandeira vermelha, enquanto que os demais municípios são classificados como bandeira laranja.

Antes mesmo dessas cidades terem as aulas presenciais suspensas, os municípios de Macaé, São Francisco de Itabapoana também regrediram na decisão, retornando ao ensino remoto, após retornarem à bandeira laranja.

Lembramos que, os kits alimentação continuam sendo distribuídos, por isso algumas unidades escolares permaneces abertas em horários estratégicos.

O que a Ciência diz sobre as aulas presenciais?

Com estudos realizados desde março, quando as aulas presenciais foram suspensas, criou-se a ideia de que o retorno às aulas presenciais era seguro onde não houvesse grandes números de casos.

Isso desde que as medidas de distanciamento fossem mantidas. No entanto, esses mesmos estudos apontaram uma maior exposição dos professores, alunos e funcionários ao vírus.

Já que tem todo um trajeto a ser feito até a escola. Além disso, diversos países demonstraram um aumento de contaminação depois que as escolas foram reabertas.

Para mais informações sobre o retorno das aulas presenciais em todo o Brasil. Continue acompanhando a editoria de Carreiras no portal  FDR.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR. Jamille utiliza sua experiência na área da educação para cobrir notícias sobre cursos, vestibulares, empregos e concursos.