Prefeito eleito de Belém promete RENDA básica para mais vulneráveis; veja valor

Novo prefeito de Belém garante a criação de um programa de renda para a população mais pobre da cidade. Nesse domingo (29), com o fim do segundo turno eleitoralEdmilson Rodrigues (PSOL) foi nomeado o representante da capital do Pará. Com 51,75% dos votos a seu favor, o candidato da esquerda informou, em seu discurso de agradecimento, que estará ofertando um auxílio de R$ 450 para a população.   

Prefeito eleito de Belém promete RENDA básica para mais vulneráveis; veja valor (Imagem: Google)
Prefeito eleito de Belém promete RENDA básica para mais vulneráveis; veja valor (Imagem: Google)

Sob gritos de comemoração, Edmilson Rodrigues anunciou sua vitória em Belém do Pará. O novo prefeito que assumirá o cargo a partir do dia 1 de janeiro garantiu que já negociou com o governo do estado para criar um novo programa de renda básica para a população.

De acordo com ele, o projeto terá como finalidade combater à fome agravada com a pandemia.  

“Nós sabemos que nesse momento há muita criança passando fome. Em uma chuva, é muita gente sofrendo, perdendo mobiliário que ainda está pagando em parcelas de vinte, trinta meses. Então, vamos ter que fazer ações imediatas”, disse. 

“Em primeiro de janeiro meu primeiro ato, após a posse, será criar o Programa Bora Belém e ir aos bolsões de miséria, fazer busca ativa, porque enquanto tiver uma criança na rua passando fome como a gente vê em cada esquina, eu não vou ficar contente. Mesmo quem votou no meu adversário quer uma Belém sem fome e sem miséria”, completou. 

Valores e repasses no orçamento 

Edmilson explicou que cada cidadão poderá ter um auxílio de R$ 450 sob a comprovação de inclusão nos critérios básicos de renda ainda a serem definidos.

O benefício deverá ser custeado com o orçamento da própria prefeitura e ser tratado como uma das principais prioridades de sua gestão.  

“É visível nas ruas de Belém a presença de crianças em situação de trabalho infantil, sendo que há completa ausência de dados sobre a questão, o que demonstra total desinteresse do poder público em diagnosticar a situação para fins de formulação de políticas públicas”, afirmou.  

Ele explicou que deputados federais e o governador Helder Barbalho já estão de acordo com a execução do novo projeto e deverão unir forças para garantir a iniciativa.

O atual prefeito, Zenaldo Coutinho (PSDB), também estará em diálogo para garantir uma transição tranquila entre ambos os representantes.  

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.