Como saber se vou receber REAJUSTE no auxílio doença do INSS? Descubra aqui!

Segurados do INSS passam a receber acréscimos por meio do auxílio doença. A partir do mês de dezembro, o Instituto Nacional do Seguro Social passará a pagar a diferença para aqueles que solicitaram a antecipação do benefício. Os valores variam de acordo com a faixa de renda de cada contemplado e deverão ser depositados até 31 de dezembro

Como saber se vou receber REAJUSTE no auxílio doença do INSS? Descubra aqui! (Imagem: Google)
Como saber se vou receber REAJUSTE no auxílio doença do INSS? Descubra aqui! (Imagem: Google)

Diante da pandemia do covid-19, o INSS passou a conceder parcelas antecipadas do auxílio doença.

A medida teve como finalidade reduzir o número de pessoas na concessão do benefício e assim fazer os pagamentos com base no salário mínimo.  

Entretanto, há cidadãos que têm o direito de receber mais do que o atual piso nacional de R$ 1.045. 

Para esse grupo, o INSS passará a pagar a diferença de valores a partir desta semana. Terão direito aos acréscimos todos aqueles que receberam depósitos da antecipação até o dia 31 de outubro.  

Como consultar 

Para quem está em dúvida se terá direito ou não aos acréscimos, é possível consultar o valor da parcela por meio do Meu INSS. Outra opção ainda é por meio das cartas enviadas pelo próprio órgão.

Aqueles que serão contemplados receberão um documento com todas as informações do novo cálculo, onde há o valor final sinalizado. Há ainda como checar os dados através do telefone 135 ou em uma agencia do instituto.  

Segundo a gerência da previdência, serão contemplados 600 mil segurados. Ao todo, foram antecipados mais de 1,1 milhão de benefícios ao longo dos últimos quatro meses.

O INSS explica ainda que o pagamento do reajuste será feito de forma tradicional, através de um depósito na conta corrente informada pelo cidadão.  

Ele poderá ter acesso ao saque através da utilização de seu cartão ou indo diretamente no caixa de seu banco. O valor do depósito será feito com correção e proporcional ao tempo de afastamento, ou seja, pelo total de parcelas recebidas. 

Para mais informações basta acompanhar o Meu INSS e acessar a área individual do usuário através do registro de sua documentação pessoal. 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.